Futebol Feminino

Minas Icesp-DF vence o Vitória nos pênaltis e conquista o Brasileiro Feminino A2

Publicado às

Estudante do 9º semestre de jornalismo e amante dos esportes, principalmente o bom e velho futebol. Setorista de Atlético-MG e Futebol Feminino.

Minas Icesp-DF Brasileiro Feminino A2

Crédito: Cláudio Bispo/Minas Icesp-DF

O Minas Icesp-DF conquistou, na tarde de ontem, 12, o Campeonato Brasileiro Feminino Série A2 de 2018. Depois de empate em 2×2 com o Vitória, na ida, em Salvador, a equipe do Distrito Federal, estreante na competição neste ano, venceu nos pênaltis, após 0x0 no tempo normal, no estádio Maria Abadia, em Ceilândia (DF).

A partida, assim como aconteceu nos primeiros 90 minutos, foi movimentada. Diante de seu torcedor, o Minas tentou tomar a iniciativa do jogo. Do outro lado, o Vitória levava perigo pelos lados do campo. A melhor chance da etapa inicial foi das baianas, com Lorena finalizando por cima, aos 23 minutos.

No segundo tempo, o Minas voltou pressionando. Aos cinco minutos, a zagueira do Vitória Any quase marcou contra, obrigando a goleira Yasmin a impedir que a bola entrasse. Depois do início ruim, as Leoas melhoraram, equilibraram o confronto e ainda quase abriram o placar. Com 33’, Kris fez grande defesa, em tentativa de Dan, e salvou a equipe da casa.

Nas cobranças alternadas, a goleira Kris voltou a brilhar, pegando o último pênalti, e garantindo o 4×3 e o título para o Minas. As duas equipes finalistas conseguiram acesso para a Série A1 de 2019.

“Para a gente é um sonho, tudo o que realizamos até hoje. Se não tivéssemos ganho o título, também seria mais do que um sonho. Já tínhamos a vaga da A1. Ninguém acreditava, nem mesmo a gente. Foi o primeiro campeonato nacional que a gente disputou. Achávamos que nem íamos chegar na semifinal. É uma sensação muito”, disse a atacante campeã Laíssa, à CBF TV.

“Agora é focar no Estadual. Só deu uma parada, mas vamos voltar à atividade. Primeiramente vamos comemorar. Estamos muito felizes pelo acesso e pelo título. Foi fruto de um trabalho duradouro, que está sendo feito desde 2012. A todo momento acreditamos que seria possível. A gente trabalhou. Acreditamos nas nossas meninas de Brasília“, disse Nayeri Albuquerque, presidente do Minas Icesp-DF.

“Agora vamos pensar adiante. Claro que sabemos que a responsabilidade é maior, que tudo é dobrado. Mas vamos procurar estudar a forma que vamos trabalhar ano que vem”, completou a mandatária.

Veja imagens da festa do Minas após conquistar o Brasileiro Feminino A2!

LEIA MAIS:

VADÃO CONVOCA SELEÇÃO BRASILEIRA FEMININA PARA TREINAMENTOS; VEJA A LISTA

RECUPERADA DE LESÃO, CAMILINHA VIBRA COM VOLTA AOS GRAMADOS NO ORLANDO PRIDE