Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Opinião: Corinthians teve mais fiascos do que sucesso com gringos

O Corinthians está próximo de anunciar a contratação do atacante paraguaio Sergio Díaz que pertence ao Real Madrid. Porém, o histórico de sucesso com jogadores estrangeiros no Timão não é muito animador.

Denise Bertola
Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Dos anos 90 para cá, o Corinthians apostou em mais de 30 jogadores estrangeiros, destes, menos de dez obtiveram êxito no Parque São Jorge. As apostas foram variadas, desde jogadores sul-americanos, que é o mais comum, até atletas japoneses, chineses, turcos e africanos. Nesse caldeirão de nacionalidades já teve promessas que não vingaram, jogadores renomados que não deram certo com a camisa corintiana e alguns que praticamente nem jogaram.

 Confira os principais fiascos estrangeiros no Corinthians

Santiago ” El Tanque” Silva: com fama de matador, o uruguaio chegou com a missão de substituir Luizão. Saiu depois de cinco jogos e nenhum gol.

Johnny Herrera: o goleiro da seleção chilena chegou como estrela para ser titular do gol corinthiano. Levando 13 gols em nove jogos, o “superboy” perdeu espaço e foi embora do time pela porta dos fundos.

Defederico: chegou como uma grande promessa do futebol argentino, porém não vingou. Sem espaço no Corinthians depois de atuações discretas, foi emprestado até o final de seu contrato.

Zizao: o jogador chinês chegou como um projeto para expandir a marca Corinthians na China. Apesar de contar com o apoio torcida, não teve muita chance de mostrar seu futebol.

Martinez: destaque na Libertadores pelo Vélez Sarsfield, foi contratado pelo Corinthians. Porém não se adaptou ao futebol brasileiro e ficou apenas seis meses na equipe brasileira.

Maldonado: o volante chileno obteve sucesso em times como São Paulo, Cruzeiro e Flamengo, ganhando vários títulos. Já em final de carreira e se recuperando de lesão, foi contratado pelo Corinthians em 2013. Fez apenas oito jogos e não teve seu contrato renovado.

Lodeiro: o uruguaio era figura constante na seleção de seu país. Revelado pelo Nacional, o jogador defendeu o Ajax da Holanda. Se destacou no time do Botafogo que contava com Seedorf. Em 2014 fechou com o Corinthians por quatro anos. Sem destaque foi vendido para o Boca Juniors no ano seguinte.

Kazim: o carismático jogador inglês de origem turca fez parte da equipe campeão brasileira em 2017. Mas o atacante de poucos gols pouco contribuiu para a vitoriosa campanha. Sem espaço no elenco foi negociado com o futebol mexicano.

E a lista não para por aí, veja mais alguns nomes que defenderam o Corinthians: Koichi, Mark Frank Willians, Ávalos, Sebá Domingues, Arce, Acosta, Escudero, Bobadilla, Ramírez, Mendoza e Byatt.

LEIA MAIS:

Romero chega ao 6º gol contra o Cruzeiro e se torna carrasco da Raposa; relembre os tentos