Futebol

Opinião: Palmeiras deve esquecer o Brasileiro e focar no mata-mata

Publicado às

Jornalista, 21 anos, Apaixonado pelo Palmeiras e pelo Juventus da Mooca.

Crédito: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

Com 12 rodadas jogadas, por mais que ainda seja o início da competição, o verdão devia abrir mão do Brasileiro e focar em algo com mais chances, como por exemplo: Libertadores e Copa do Brasil. 

Não que a equipe de Roger Machado não tenha capacidade para ir bem nas 3 frentes de competições que o Palmeiras tem, mas será que realmente terá fôlego para disputá-las? Em 2017, sem ter essa parada para a Copa, o Palmeiras de Cuca veio abrindo mão do Brasileirão muito pela boa fase do Corinthians naquele momento. Porém, com pouco entrosamento e jogando todas as fichas na Libertadores, acabou se dando mal.

Esse ano, mesmo Roger podendo usar esse método, as coisas tendem a ser diferentes. A equipe do Palmeiras já se mostrou muito mais eficiente jogando jogos de grande importância do que jogos com pressão menor, vide a grande exibição em La Bombonera e o fiasco contra a Chapecoense no Allianz. Roger Machado aparenta preparar muito melhor o seu elenco com jogos de alta pressão e a equipe acaba se portando melhor dentro de campo, mais concentrada e eficiente.

Apesar das perdas de Keno, por ter sido vendido e Borja, pela lesão no joelho, a equipe do verdão parece estar bem preparada para essa sequência de temporada, mas não para um campeonato de pontos corridos. Por isso é mais aceitável que joguem todas as fichas nos confrontos mata-mata e joguem o Brasileirão apenas para figurar. O raio não cairá duas vezes no mesmo lugar como caiu ano passado, e Alberto Valentim por muito pouco não conduziu aquela equipe ao bicampeonato brasileiro com o vacilo do Corinthians.

É claro que não há nada acabado, o Flamengo ainda não é o campeão brasileiro e muito menos o Palmeiras o único possível a levar a Libertadores ou Copa do Brasil. Mas a tendência é que o alviverde consiga carregar com mais tranquilidade e efetividade a sua campanha nessas duas competições do que em um campeonato longo, até mesmo pelo fato de Roger Machado não estar conseguindo oscilar menos em jogos do Brasileiro. Por isso, se abrir mão do campeonato nacional e ir com tudo nas outras frentes, não vai ir contra o desejo do torcedor palmeirense.

LEIA MAIS:

Emprestado pelo Palmeiras, Arouca é elogiado por técnico em chegada ao Vitória