Santos sem meia? Rafael Longuine supera 2017 e vive grande fase no Guarani

Enquanto o Santos sofre sem um meia de criação, um atleta emprestado pelo Peixe vive grande fase no Guarani. Após um 2017 triste na vida profissional e pessoal, Rafael Longuine ressurgiu em 2018 no Bugre. Atuando com frequência e marcando muitos gols, o atleta se firmou no time campineiro.

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Letícia Martins/Guarani FC

Em 2017, Rafael Longuine perdeu os pais e a tia em um acidente automobilístico no mês de maio. A fatalidade, aparentemente, prejudicou o atleta em campo. Com poucas atuações no Santos, foi emprestado ao Coritiba. No Coxa, também pouco atuou. Já no Guarani, chegou com uma imensa responsabilidade: assumir a camisa 10 do ídolo Fernando Fumagalli, aposentado após a conquista da Série A2 do Paulistão. E ele não poderia se sair melhor na posição.

Mesmo atuando como meia, Longuine é o artilheiro do Guarani na Série B: seis gols. Contra o Brasil de Pelotas, no último sábado (28), no Brinco de Ouro da Princesa, marcou o gol que abriu o placar e o que desempatou, definindo a vitória ante o Xavante. Você pode ver os gols aqui.

A grande fase de Rafael Longuine, como não poderia deixar de ser, foi muito elogiada pelo técnico bugrino. Em coletiva após a vitória contra o Brasil de Pelotas, Umberto Louzer falou sobre a boa fase do meia. “Ele vem crescendo e tem nos ajudado muito. Ficou seis meses sem atuar em uma partida de futebol e voltou a ter alegria de jogar futebol aqui no Guarani. Ele é exemplar e está colhendo tudo o que merece. Não só pelos gols, aliás. Ele finalizou duas bolas na trave”, relembrou o treinador.

LEIA MAIS
Guarani x Brasil de Pelotas: veja os gols do jogo da Série B
Para voltar a brilhar, Guarani apresenta duas propostas e terá novo parceiro em 13 de agosto
Bruno Mendes desencanta e faz o gol da vitória do Guarani contra o Coritiba
Brasil x México: bandeira do Guarani é destaque no Twitter do Bugre; veja tweets

Quem chega e quem sai dos clubes?