Futebol

Em grande fase no São Paulo, Nenê quer imitar Zé Roberto e jogar até depois 40 anos

Publicado às

Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.

Sao Paulo

Crédito: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Aos 33 anos, Cristiano Ronaldo anunciou que a Juventus será seu último clube na carreira. No São Paulo, Nenê cogita a ideia de pendurar as chuteiras no Tricolor, mas o camisa 7 ainda tem em mente atuar por mais de cinco anos antes de pensar em parar.

Em evento de lançamento da camisa Adidas do clube do Estádio do Morumbi, o meia de 36 anos afirmou que ainda não pensa em aposentadoria e brincou ao citar a longevidade de Zé Roberto.

“Cara, não pensei em nada disso ainda. Tenho muitos anos, sou um cara novo ainda (risos). Então não pensei nisso ainda não. Mas é uma ideia. Ainda tem muito chão pela frente. Espero que eu possa parar depois do 40 e vamos ver se eu consigo ser um segundo Zé (Roberto que se aposentou aos 43 anos)”, disse Nenê, que é artilheiro do São Paulo em 2018 com dez gols.

NENÊ ANALISA SEGUNDO SEMESTRE DO SÃO PAULO

O São Paulo é o terceiro colocado no Brasileirão com 23 pontos, quatro a menos que o líder Flamengo. Nenê acredita que ter mantido a base é o fator que levará o Tricolor a voltar com o bom ritmo de antes da pausa para a Copa do Mundo.

“O nosso time perdeu poucas peças, mas já se reforçou, a base de manteve. Teve só uma mudança em relação ao último jogo (Petros). Então isso vai ser muito importante para manter o entrosamento que vínhamos tendo e só realmente voltar o ritmo dos jogos o mais rápido possível para continuarmos da maneira que estava antes”, afirmou.

Vale lembrar que o São Paulo se reforçou com Joao Rojas e Bruno Peres nessa parada da Copa do Mundo. A única perda significativa foi Petros, mas que estava no banco de reservas. Cueva foi o último que saiu, mas também não participou com frequência da boa fase são-paulina.

LEIA MAIS
NENÊ RECUSOU PROPOSTA ÁRABE E GARANTE QUE NÃO VAI SAIR
VÍDEO: NENÊ ACERTA LINDO CHUTE DE FORA DA ÁREA EM JOGO-TREINO