Seleções eliminadas: saiba o que aconteceu com elas após o fim do sonho da Copa

Quando o Brasil é campeão mundial, o país para. Bandeira “verde-amarela” na janela do comandante da aeronave e multidão nas ruas. Foi assim em 1994. Jogador dando cambalhota na rampa do Palácio do Planalto e um dia todo de trio elétrico com Ivete Sangalo. Foi assim em 2002. Mas os torcedores brasileiros não costumam fazer nenhuma festa pra recepcionar os jogadores, mesmo quando eles vão longe numa Copa. Parece que nada menos que a vitória interessa ao torcedor.

Josuá Barroso
Repórter do Time do Tas na cobertura da Copa da Rússia 2018. É jornalista formado pela Universidade de Uberaba e chefe de redação da Band Triângulo em Minas Gerais.

Crédito: Facebook Oficial Fepafut

Não é exatamente assim que acontece em outros países. No Panamá, até mesmo devido ao ineditismo, as cenas que vimos quando os jogadores voltaram pra casa após serem eliminados já na primeira fase da Copa são dignas de comemoração de título. A federação de futebol do país publicou um vídeo nas redes sociais comprovando o amor do torcedor panamenho pela seleção, apesar da derrota por 6 a 1 para a Inglaterra e da eliminação na Copa.

VÍDEO: Panamá e Islândia perdem em campo, mas emocionam fora dele na Copa

Alemanha

Os atuais campeões do mundo se despediram da Copa precocemente. Caíram na primeira fase. Um clima de tristeza tomou conta de Berlim. A tetracampeã mundial reforçou a lista das favoritas a deixarem o mundial da Rússia e, mais que isso: se tornou mais uma seleção europeia campeã do mundo a ser eliminada na fase de grupos. Os alemães foram às lágrimas com uma derrota surpreendente para a Coreia do Sul.

Ao desembarcar em Frankfurt, o goleiro Manuel Neuer resumiu o desempenho da equipe na Copa com uma palavra: decepção.

Ainda assim, após a eliminação o técnico Joachim Löw foi mantido na posição. Um comunicado oficial foi publicado no Instagram da federação de futebol do país. “Joachim Löw continua seu trabalho como técnico nacional”, diz a publicação em alemão. O técnico mantido no cargo tem contrato até 2022.

Argentina

Para os hermanos restou usar as redes sociais pra homenagear uma das estrelas da seleção – que não brilhou na Copa da Rússia. “Agradecemos a você, Javier Mascherano, por tantos momentos vividos defendendo a albiceleste como um gladiador. Esta sempre será a sua casa!”, diz a publicação na página oficial da federação argentina no Facebook.

Uruguai

Eliminados no mesmo dia que a seleção brasileira, os jogadores uruguaios produziram uma bela cena na saída de campo ao cumprimentarem longamente o público que assistiu a derrota para a França por 2 a 0 no Estádio Nizhny Novgorod.

Peru

Mais uma seleção eliminada na fase de grupos, o Peru viu castrados os seus sonhos de conquistar o mundo pela primeira vez. Naturalmente, o fato de o nome da seleção gerar ambiguidade foi a razão de uma granja inteira de memes nas redes sociais aqui no Brasil. Mas confiante no futuro, a federação de futebol do país produziu e divulgou um vídeo especial onde os jogadores aparecem enviando mensagens de motivação aos torcedores. “Isto é só o início, permaneceremos mais unidos do que nunca. Obrigado a todos”, diz a publicação.

Coreia do Sul

Quem saiu dessa Copa com gostinho de vitória foi a seleção da Coreia do Sul. Eles venceram a Alemanha, tetracampeã do mundo e atual detentora do título em uma das partidas mais surpreendentes dessa Copa do Mundo: 2 a 0. Ao desembarcar em Seul, centenas de pessoas aguardavam os jogadores e a comissão técnica no aeroporto. A volta pra casa teve tom predominante de celebração, apesar de um torcedor ter lançado um ovo na direção dos atletas. Pelo Instagram oficial da federação de futebol do país, uma publicação festeja o retorno “dos jogadores da equipe nacional”.

Brasil

Minutos após a eliminação do Brasil após a derrota para a Bélgina nas quartas, a página oficial da Confederação Brasileira de Futebol no Facebook tratou de trocar perfilcapa da rede social por imagens mais “genéricas”. Na sequência, foi publicada uma foto dos jogadores se abraçando em campo com um agradecimento pelo “apoio incondicional”.

MORREU, MAS PASSA BEM: o obituário da seleção brasileira na Copa da Rússia

Resta saber quais serão os próximos passos dessa seleção brasileira. Em 2019, o Brasil vai sediar a Copa América. O técnico Tite, em coletiva de imprensa após o jogo de eliminação, disse que é muito cedo para tratar de futuro e não deu detalhes sobre a permanência ou não à frente da Canarinho. Há uma expectativa e informações de que ele deve permanecer.

 

Daniel Aloisio e Josuá Barroso para o Time do Tas