Vagner Mancini destaca importância de reforços contratados pelo Vitória

O Vitória é um dos times brasileiros mais ativos no mercado da bola durante a Copa do Mundo. Até então, foram sete jogadores já contratados pela equipe rubro-negra para a sequência da temporada.

Victor de Freitas
Baiano, 25 anos, jornalista formado pela Universidade Jorge Amado (UniJorge). Apaixonado por esportes em geral, de preferência basquete, tênis e futebol. Contato: victorw10@outlook.com

Crédito: MAURICIA DA MATTA / EC VITÓRIA

Até então, os jogadores oficializados pelo Vitória foram o zagueiro Ruan Renato, o lateral-esquerdo Marcelo Benitez, os volantes Arouca e Marcelo Meli, além dos atacantes Erick e Bruno Gomes. O atacante argentino Walter Bou também já está contratado, treina no Barradão, mas ainda não foi anunciado oficialmente.

A chegada de inúmeros reforços para o Vitória anima o técnico Vagner Mancini, que destaca a importância da chegada de novos jogadores para o plantel da equipe baiana na busca por uma campanha mais equilibrada na sequência do Brasileirão.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

“Os argentinos, nós temos o Marcelo Benítez, o Marcelo Meli e o Walter Bou. O Bou chegou recentemente. O Meli e o Benítez já estão começando a se integrar com os outros. O Meli, pelo fato de ter jogado no Sporting de Lisboa, entende um pouco mais e tem sido o cara que passa um pouco a mais as dificuldades que o Bou e o Benítez eventualmente têm de idioma, mas já estão mais integrados. A chegada do Ruan foi muito significativa. Foi um atleta que veio até com um tempo inativo, mas já está numa situação hoje… Inclusive, se tivéssemos a liberação, ia entrar e jogar, porque foi um atleta que evoluiu muito nos treinamentos. O Erick também é um atleta que chegou, teve tempo de preparação, está muito bem realmente. Não sei se para o jogo do Paraná já vai estar liberado, mas, se estiver, com certeza vai jogar, porque tem um biótipo de uma maneira de jogar muito interessante que se adapta e se encaixa no perfil do clube”, destacou o treinador, em entrevista coletiva.

Com três argentinos e três brasileiros que estavam na europa contratados, apenas Arouca chegou ao Vitória proveniente de um clube brasileiro. Mancini explica a busca por reforços fora do país.

“Temos dois pontos a serem exaltados aqui: o primeiro é que o Vitória tem apenas mais uma vaga para atletas de Série A, por isso a nossa opção de buscar no mercado externo. O mercado argentino acabou cedendo para nós algumas peças importantes, o português também. E, eventualmente, se a gente encontrar mais algum atleta nesse perfil, a gente vai buscar porque sabemos a importância que tem a segunda etapa do campeando agora, que não é o segundo turno, que tem ainda sete jogos do primeiro turno para depois iniciar o segundo turno. Sabemos a importância que tem somar pontos importantes nesses sete jogos para que quando virar o turno, o time esteja bem situado na tabela”, explicou.

O Vitória vai voltar a campo na próxima quarta-feira, dia 18, contra o Paraná.