Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

São Paulo vence ferrolho, bate Ceará e mantém liderança do Brasileirão – confira análise

Caro torcedor Tricolor, foi com muito sofrimento que o São Paulo venceu o Ceará no Morumbi, numa partida que testou os nervos das mais de 57 mil pessoas no estádio. Era um jogo de paciência contra o bom postado time nordestino – por hora chegou a ser ataque contra defesa e, na persistência de Reinaldo e oportunismo de Bruno Peres, o São Paulo se mantém na liderança do brasileirão.

Wesley Alencar
Jornalista."Foi difícil chegar onde cheguei, mas ainda não cheguei a lugar nenhum" - Lucas Silva, Flamengo

Crédito: Foto por Rubens Chiri / saopaulofc.net

As melhores notícias de esportes, direto para você

 

Foto por Rubens Chiri / saopaulofc.net

As características da partida se apresentaram logo de o início, quando Rojas e Everton obrigaram duas boas intervenções seguidas de Everson, o Tricolor ia para cima atrás do gol e o Ceará esperando algum erro do São Paulo para ter melhor sorte no Morumbi. Porém, o time paulista não foi implacável no ataque e o ferrolho cearense segurou bem o ímpeto Tricolor após o início, mas tampouco agrediu o suficiente para dar sustos ao São Paulo no primeiro tempo.

Foto por Rubens Chiri / saopaulofc.net

A necessidade da vitória para manutenção da liderança deixou o clima do Morumbi muito tenso na segunda etapa. O nervosismo da arquibancada entrou em campo em algumas oportunidades em que o time poderia ter trabalhado melhor a bola no campo ofensivo, mas pecou pela ansiedade e nervosismo. Assim, cada vez mais que a partida se encaminhava para os minutos finais, o jogo ficava franco e de alternância das equipes no campo de ataque.

Na melhor oportunidade do Ceará, quando a equipe trabalhou bola com muita qualidade, Arthur e Leandro Carvalho tabelaram, o que deixou Leandro de cara para Sidão que saiu grande e evitou o gol do time alvinegro. Não contente, o São Paulo também perdeu um gol de cara para o crime, e nas condições que o Tricolor está acostumado: com espaço para lançar a bola de um lado para o outro – Nene inverteu para Rojas, que driblou o marcador e serviu no meio para Bruno Peres que perdeu.

Quando a disputa começou a ficar acirrada no meio-campo, Reinaldo ganhou a dividida e avançou pela esquerda, invadiu a área, balançou em frente a marcação e tocou para Diego Souza que, mesmo de costas, serviu Bruno Peres que girou e bateu cruzado, no canto, sem chances para Everson, desafogando o Morumbi. São Paulo 1×0.

Foto por Rubens Chiri / saopaulofc.net

Dali em diante foi gastar o tempo. O time até ofereceu chances do Ceará cruzar bola na área em faltas bobas, mas nenhuma levou perigo para Sidão. O time nordestino contou ainda com um jogador expulso, um pouco após o gol são paulino, e confesso que não entendi bem a expulsão direta de Leandro Carvalho por reclamação (deve ter dito algo bem grave e sujo para merecê-lo).

Foto por Rubens Chiri / saopaulofc.net

Foi uma partida muito dura, dentro da realidade que é o campeonato brasileiro, e o São Paulo fez uma partida dentro dos prognósticos: com paciência, rodando a bola atrás de espaços e conseguiu o gol numa jogada que terminou coletiva, mas começou no ímpeto de Reinaldo. Passou mais sufoco mais que devia, mas o Ceará foi muito valente e fez valer ainda mais vitória são paulina dentro de casa.

Agora o Tricolor terá uma semana cheia até o próximo compromisso diante do Fluminense, também no Morumbi, no domingo que vem. Para essa partida estão de de fora Nene, Everton e Jucilei, que receberam o terceiro cartão amarelo.