Após empate, presidente do Flamengo rasga elogios ao Grêmio: “Fortíssimo”

O respeito mútuo entre Flamengo e Grêmio visto antes do confronto pela Copa do Brasil, que terminou empatado em 1×1 nesta quarta-feira, foi mantido na mesma medida pós-jogo. Entrevistado pela reportagem do Torcedores.com na zona mista da Arena, o presidente rubro-negro Eduardo Bandeira de Mello elogiou bastante o time gaúcho.

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Eduardo Caspary/Torcedores.com

Bandeira, que chegou a chamar do Grêmio de “fortíssimo”, indicou que o confronto em busca de uma vaga à semi está em aberto e é imprevisível. A decisão da vaga ocorre no Rio de Janeiro, no próximo dia 15, sem a presença do saldo qualificado.

“O Grêmio é uma equipe fortíssima, sempre que enfrentamos é difícil”, ponderou Bandeira. “O Grêmio tem capacidade de jogar tanto atacando quanto se defendendo. É um time de muita qualidade, entrega e disciplina, não chegou onde chegou por caso”.

Ouça a entrevista completa do treinador do Flamengo registrada pelo Torcedores:

Na avaliação do dirigente, o resultado ficou de bom tamanho, mas não representa qualquer tipo de garantia para o jogo da volta no Rio de Janeiro.

“Eu gosto de ganhar, mas não gosto de perder. Entre perder e empatar, prefiro empatar. Foi um jogo difícil e agora temos mais 90 minutos no Maracanã. É imprevisível”, salientou.

Em campo, o Grêmio se saiu bem na etapa inicial e marcou primeiro em um belo gol de Luan, numa assistência precisa de Léo Moura. No entanto, o time gaúcho teve uma queda acentuada na etapa final e, já nos acréscimos, levou o empate do centroavante Lincoln.

LEIA MAIS:

Ramiro critica segundo tempo do Grêmio: “Não conseguimos marcar nem jogar”

Irritado com empate, Maicon dá tapa na porta do vestiário; Grohe fala em “gosto amargo”

Gostou da matéria? Siga o autor:

No YouTube

No Instagram

No SoundCloud