Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Com estádio lotado, Botafogo precisa vencer para avançar na Sul-Americana

A estreia do técnico Zé Ricardo diante da torcida do Botafogo acontece em meio a uma partida extremamente importante. Os alvinegros precisam tirar a vantagem construída pelo Nacional, do Paraguai, em Assunção. No dia 1º de agosto, eles foram derrotas por 2 a 1, no Estádio Defensores Del Chaco. Agora, é necessário vencer por 1 a 0 para avançar para as oitavas de final da Copa Sul-Americana. Um gol paraguaio obriga os brasileiros a fazerem três. Mais de 30 mil pessoas estarão presentes no Estádio Nilton Santos, no Rio, 19h30, desta quinta-feira, 16 de agosto. Há tempos que isto não era visto em um jogo da equipe de General Severiano.

Odds Shark
Parceiro do Torcedores.com.

Crédito: Crédito: Facebook do Botafogo FR.

A Estrela Solitária terá a importante baixa do atacante Kieza, lesionado com problemas musculares na coxa direita. A ausência será sentida, pois o atleta é o artilheiro do time carioca na temporada com oito gols marcados até agora. Brenner e Aguirre brigam por uma chance na formação titular. Outro desfalque é o meia Leandrinho, também com desconforto na coxa direita.

Em conversa com os jornalistas, o lateral Moisés demonstrou confiança em conseguir a vaga. “Os torcedores do Botafogo podem esperar a nossa alma dentro de campo, a vitória, a classificação. Dentro do jogo que vamos saber se vai ser sofrido ou não, mas o mais importante é a classificação. Temos a nossa ideia de jogo e estamos trabalhando para dar o nosso máximo. Vamos colocar a nossa qualidade e o nosso ritmo. Com a ajuda da torcida vamos fazer um bom jogo pela classificação.”

O jogador também fez um alerta para a famosa catimba sul-americana. “Ainda não joguei na Sul-Americana nesse ano, mas será difícil. Em jogos internacionais os estrangeiros gostam de catimbar, mas temos que estar com alta concentração para não cair na onda deles. Nossa margem de erro para esse jogo tem que ser a menor possível. Quando eu cheguei aqui o objetivo do grupo era chegar lá na frente na Sul-Americana. Perdemos o primeiro jogo, mas podemos reverter esse placar. Acredito que teremos um pouco de dificuldade dentro do jogo, mas será um jogo de paciência, de saber atacar e defender ao mesmo tempo”, concluiu.

O retrospecto botafoguense dentro de casa mostra uma período de invencibilidade de nove partidas, sendo quatro vitórias e cinco empates, porém, no aspecto geral de jogos, o jejum de triunfos é de quatro duelos. No último domingo, os cariocas venciam o Paraná até os minutos finais no Estádio Durival de Brito, até levarem o gol do empate nos acréscimos. Segundo o Oddsshark.com, a retomada dos resultados positivos paga R$ 1,36 a cada R$ 1,00 aplicado por você nas apostas de futebol.

Do outro lado, os paraguaios chegam à Cidade Maravilhosa com o pensamento de explorarem os contra-ataques. Mesmo não se tratando de um dos maiores times do Paraguai é importante ter muito cuidado com o Nacional, que foi finalista da Taça Libertadores da América em 2014. Atualmente, o El Tricolor, avaliado em R$ 11,00, também conforme o Oddsshark.com, vem de duas igualdades como visitante e uma invencibilidade de cinco compromissos no aspecto geral.

Histórico de confrontos

Brasileiros e paraguaios de Botafogo e Nacional não têm o costume de se encontrarem dentro das quatro linhas. O jogo de hoje vai ser apenas o segundo de toda a história. Para você ter uma ideia melhor, a única partida foi realizada no dia 27 de maio de 1952. Os jogadores que vão defender os clubes logo mais estava longe de nascer. Na ocasião, a formação carioca levou a melhor e venceu por 2 a 0, com gols de Dino e Zezinho. Nilton Santos, a principal referência da Estrela Solitária não atuou porque estava defendendo a Seleção Carioca.

A escalação alvinegra foi: Oswaldo Baliza, Gérson dos Santos e Floriano; Rubinho, Ruarinho e Richard; Paraguaio, Geninho, Dino da Costa, Zezinho (Orlando Vinhas) e Jayme (Braguinha).

Mais palpites

O placar de 1 a 0, o que é o suficiente para os mandantes, propicia o retorno de R$ 4,50. Um novo 2 a 1, agora a favor do Botafogo, leva a decisão da vaga nas oitavas para os pênaltis e faz você embolsar R$ 8,50 por 1, indica o Oddsshark.com. Caso os dois times façam gols o valor a ser paga pelas casas de apostas vai ser de R$ 2,62.

Confira as cotas desta semana na Copa Sul-Americana:

Terça-feira (14 de agosto)

21h45 – (R$ 1,40) Nacional (Uruguai) 1 x 0 (R$ 9,00) Sol de América (Paraguai). Empate: R$ 4,20

Quarta-feira (15 de agosto)

19h30 – (R$ 3,20) Deportes Temuco (Chile) x (R$ 2,40) San Lorenzo (Argentina). Empate: R$ 3,00

21h45 – (R$ 1,36) Millonarios (Colômbia) x (R$ 11,00) General Diaz (Paraguai). Empate: R$ 4,20

Quinta-feira (16 de agosto)

19h30 – (R$ 1,36) Botafogo (Brasil) x (R$ 11,00) Nacional (Paraguai). Empate: R$ 4,20

21h45 – (R$ 3,75) Colón (Argentina) x (R$ 2,37) São Paulo (Brasil). Empate: R$ 2,60

21h45 – (R$ 2,40) Defensor Sporting (Uruguai) x (R$ 3,20) Fluminense (Brasil). Empate: R$ 3,00

*Para ter acesso a outras apostas e jogos, acesse o Torcedores.