F-E: equipes seguem testando Gen2 para a próxima temporada

Enquanto a temporada 2018-19 da ABB Formula E não tem início, as equipes que estão confirmadas no mundial dos carros elétricos seguem realizando testes com o novo monoposto da categoria, o Gen2.

Rodrigo Nascimento
Colaborador do Torcedores.com, amante dos esportes americanos e do automobilismo.

Crédito: Twitter Oficial da Dragon Racing

Cada equipe tem direito a 15 dias de testes com o novo carro, e devem encerrar as atividades até o dia 1º de outubro.

Alguns optaram por testar o Gen2 na pista do Circuito de Calafat, na Espanha. Entre os times que optaram pela pista espanhola, destaque para Nissan e Panasonic Jaguar Racing.

Ambas as equipes contaram apenas com um de seus pilotos: o suíço Sébastien Buemi foi à pista com o carro da Nissan, que assumiu o lugar da Renault e.Dams, enquanto o neozelandes Mitch Evans foi quem guiou o Gen2 da Panasonic Jaguar Racing. Foram realizados diversos testes, principalmente simulações de corrida.

“Eu acho que todas as equipes estão descobrindo que o novo carro é um desafio, especialmente agora que teremos que simular uma corrida cronometrada ao invés de uma corrida por voltas. Acho que a primeira corrida pode será muito louca, uma vez que as equipes vão testar diferentes estratégias de ataque e gestão de energia. Veremos, em Valência, de um modo geral, o nível em que todos estão. Mas, mesmo assim, não teremos uma noção precisa. Ainda tem muito a ser feito. O próximo mês será de muito trabalho para todos”, comentou Mitch Evans.

As equipes NIO e Dragon Racing também realizaram alguns testes na pista de Calafat. O italiano Luca Filippi foi quem testou o novo carro da NIO, enquanto o britânico Oliver Turvey segue se recuperando de um dedo fraturado no E-Prix de Nova Iorque.

Já a Dragon Racing contou com os serviços do alemão Maximilian Guenther, e deve mudar de pista nos próximos testes, que serão ser realizados em Varano, na Itália.

A BMW também testou o novo carro durante três dias nas instalações da equipe em Miramas, na França. Os pilotos Antonio Felix da Costa e Bruno Spengler participaram dos testes pela equipe da marca alemã.

Por fim, a Mahindra também realizou alguns testes, e o brasileiro Pipo Derani impressionou em sua primeira experiência com um carro da categoria. A equipe conduziu os testes em simuladores de corridas.

As equipes receberão os carros prontos para corrida, incluindo o powertrain (trem de força), até o dia 15 de setembro.

A temporada 2018-19 da ABB Formula E terá inicio no dia 15 de dezembro, em Riad na Arábia Saudita.

Três pilotos brasileiros estão confirmados: o primeiro campeão mundial da categoria Nelson Piquet Jr (Panasonic Jaguar Racing), o campeão da terceira temporada Lucas di Grassi (Audi Sport Abt Schaeffler) e o ex-piloto de F1 e estreante no mundial de carros elétricos Felipe Massa (Venturi).