Entrevista exclusiva: Jô fala sobre adaptação no Japão, briga para não cair e retorno ao Corinthians

Jô deixou o Brasil como campeão brasileiro, artilheiro e eleito o melhor jogador do torneio para se aventurar no futebol do Japão. Do outro lado do mundo, o atacante agora briga contra o rebaixamento, mas se engana quem pensa que ele reclama do momento no Nagoya Grampus.

Lucas Tieppo
Editor senior do Torcedores.com, o jornalista formou-se na Universidade Metodista em 2009 e passou pelas redações do Diário do Grande ABC, Agora SP, UOL e Fox Sports, onde fez a cobertura da Copa do Mundo de 2014. Está no Torcedores desde outubro de 2014.

Crédito: Divulgação

Apesar da situação incômoda – que já foi pior – na tabela da J-League, o atleta de 31 anos quer seguir no clube com o qual tem contrato até o fim de 2020.

“Estou feliz aqui apesar da briga contra o rebaixamento. Nunca vivi isso. Quero cumprir meu contrato para depois pensar no meu futuro”, disse.

O Nagoya Grampus está na 14ª colocação, com 25 pontos, mas o brasileiro é o vice-artilheiro do torneio com 13 gols.

Veja a entrevista exclusiva com o atacante:

LEIA MAIS
Jô vê como difícil atuar em rival do Corinthians e nega contato do Santos
Notícias do Corinthians: Saiba o que rolou no Timão nesta terça (21)
Idolatrado em má fase de clube, situações curiosas… Jô comenta vida ‘maravilhosa’ no Japão
Jô detalha saída do Corinthians, diz que queria jogar Libertadores, mas ressalta: ‘Não me arrependo’