Jogadores abraçam Camilo, Odair bate nos braços e chama torcida: Beira-Rio “surta” após gol aos 50

Quando a vitória parecia que iria mesmo escapar, Rossi fez fila na entrada da área e sofreu falta. Seria a última chance do Inter obter o resultado e recompensar os 44.959 torcedores que reservaram a manhã de domingo para apoiarem o time contra o Paraná. Em uma cobrança perfeita, Camilo marcou, garantiu os três pontos e iniciou um verdadeiro “surto” no Beira-Rio.

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Site Inter

Já não havia mais jogo. Depois de um gol a partir desse enredo dramático, o Inter não permitiria mais que o rival atacasse. Assim que a arbitragem deu fim ao duelo, a celebração intensa reuniu jogadores – que se abraçaram efusivamente em Camilo -, o técnico Odair Hellmann, que invadiu o campo batendo nos braços reverenciando a torcida e, claro, a multidão de colorados nas arquibancadas.

A reportagem do Torcedores.com registrou em vídeo parte do momento da celebração. O destaque fica por conta de Odair, que até parece incrédulo com o resultado conquistado. Ele põe as mãos na cabeça e agradece de todas as formas o apoio do público – veja:

A vitória dramática traz vários significados ao Inter. O primeiro deles, e mais importante, é a liderança momentânea na tabela, com 38 pontos. Para se manter ao final da rodada, é necessário que a Chapecoense vença fora de casa o São Paulo. Por outro lado, o novo Beira-Rio reinaugurado em 2014 para a Copa do Mundo no Brasil registrou o seu maior público com 44.959 presentes.

Embalado, o Inter volta a campo pelo Brasileirão na quarta-feira, fora de casa, contra o Bahia.

Veja um pouco mais do ambiente do Beira-Rio em dia de público recorde:

LEIA MAIS:

Camilo marca de falta nos acréscimos e Inter vence o Paraná; veja o gol

Guerrero leva colorados ao delírio no Beira-Rio e se impressiona com festa: “Incrível”

Gostou da matéria? Siga o autor:

No YouTube

No Instagram

No SoundCloud