Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Maicon Bolt fala sobre não ter fechado com o Flamengo: “Optaram pelo Geuvânio”

O atacante Maicon Bolt, revelado pelo Fluminense e que atualmente defende o Antalyaspor, da Túrquia, falou, em entrevista a um blog, sobre o porquê de não ter assinado com o Flamengo em 2017. Segundo o velocista, a diretoria do Rubro-Negro preferiu contratar Geuvânio, que estava no futebol chinês.

Lucas Meireles
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução/Facebook Oficial do Antalyaspor

“Cria de Xerém”, o atacante Maicon, que ganhou o apelido de “Maicon Bolt” por causa da velocidade, fez parte do Time de Guerreiros, salvando o Tricolor Carioca do rebaixamento, em 2009. No ano seguinte, o atleta, que pertencia à Traffic foi negociado com o Lokomotiv Moscou, da Rússia.

Depois de disputar 185 jogos e marcar 24 gols em sete anos pelo clube russo, Maicon teve a oportunidade de retornar ao Brasil. Curiosamente, seu destino poderia ter sido o arquirrival do Flu, o Flamengo, como conta o jogador.

“Com o Flamengo teve uma conversa, sim. Teve uma sondagem do Rodrigo Caetano (diretor de futebol do Fla na época). Ele procurou meu empresário, perguntou sobre mim, se eu tinha interesse em jogar no Flamengo, essas coisas todas. Só que eles optaram pelo Geuvânio. Eles acabaram que mudaram os planos e optaram pelo Geuvânio. Acabou que me deixaram como segunda opção e depois eu vi que fecharam com o Geuvânio. Aí mudei meu foco totalmente”, revelou Maicon em entrevista ao Blog De Primeira.

Ao invés de retornar ao Brasil, Maicon acertou, à custo zero, com o Antalyaspor até 2020. O clube que na época tinha o camaronês Samuel Eto’o, ex-Barcelona e Internazionale. O brasileiro também comentou sobre a experiência de atual ao lado de Eto’o.

“Foi um prazer jogar com ele, que é uma referência no futebol mundial. No dia a dia ele era um cara normal, sempre procurava aconselhar a todos. Era como um treinador dentro de campo. Ele conhece o Brasil, falava um pouco de ‘portunhol’ (risos). Ele acompanhava alguns jogos do Brasil, conhecia muito o futebol brasileiro, até pelo fato de ter jogado com muitos brasileiros nos clubes por onde passou. Vou guardar essa experiência comigo para sempre”, afirmou.

Pelo clube turco, Maicon já marcou seis gols e contribui com cinco assistências em 32 jogos.

 

As melhores notícias de esportes, direto para você