Marcos Paquetá fala sobre demissão do Botafogo: “Não era unanimidade”

Marcos Paquetá foi o escolhido para ser o substituto de Alberto Valentim no Botafogo, mas acabou sendo demitido devido a uma série de maus resultados do clube. Em entrevista ao Lance!, o treinador falou sobre sua demissão.

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Twitter Oficial Botafogo

Paquetá admitiu que não era considerado ‘unanimidade’ na torcida e na diretoria ao ser contratado pelo Glorioso. E que isto possa ter influído na decisão de o demitir e o substituir por Zé Eduardo.

“Não sei, é uma pergunta que não pode ser feita para mim. A diretoria é que pode passar isso. Logicamente eu não era unanimidade, talvez porque eu não estava trabalhando há algum tempo no Brasil, mas eu estava acompanhando. Talvez minha forma de trabalhar tinha batido um pouco de frente no começo. Sempre gosto de tirar o jogador da zona de conforto, isso talvez tenha atrapalhado, tenha sido o maior erro”, disse Paquetá.

O fato de não ter trabalhado no futebol brasileiro nas últimas temporadas o fez, em sua visão, ser visto por muitos como um treinador que não tinha qualificação para treinar o clube, mesmo com títulos nas seleções brasileiras de base e até Copa do Mundo com a Arábia Saudita. E Marcos Paquetá criticou quem na imprensa não citou sua experiência como técnico.

“O que me deixou chateado é que algumas mídias disseram que eu não tinha experiência. Não ter experiência em quê? De repente faltou isso para que as pessoas entendessem. E é até bom falar isso, passei por todas as categorias que tem que passar, de experiência, de ver jogador da base, preparador físico, observador, todas a categorias de base. Trabalhei até no mais alto nível do futebol, que é a Copa do Mundo. Fui a três competições mundiais. Participei de três Copas do Mundo e ganhei duas. Acho que está bom, né? A falta de conhecimento foi o que me chateou mais”, disse em tom de desabafo.

LEIA MAIS

De Bruyne sofre lesão e deve desfalcar Manchester City por ao menos dois meses

(Crédito da foto: Divulgação/Twitter Oficial Botafogo)