Náutico x Bragantino: assista aos melhores momentos da partida

O Bragantino está na Série B de 2019. Com uma boa vantagem construída na primeira partida, a qual venceu por 3 a 1, o Massa Bruta conseguiu segurar o Náutico, neste domingo (26), na Arena Pernambuco, empatando por 1 a 1. Além de confirmar a vaga às semifinais da Série C, carimbou o time paulista consolidou o sonhado acesso.

Cido Vieira
Jornalista em formação, e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com, trabalho como setorista do Botafogo e futebol nordestino

Crédito: Reprodução: CBF

O jogo

Precisando reverter a desvantagem, o Timbu partiu pra cima em busca do prejuízo, no entanto, acabou pecando de maneira exagerada nas finalizações e também parou numa bela atuação do goleiro Alex Alves. Não bastasse o fato de não conseguir vazar a meta dos alvinegros, o time da casa acabou saindo atrás do marcador. Em vacilo da defensiva, Matheus Peixoto aproveitou para ampliar ainda mais a vantagem diante dos quase 30 mil torcedores alvirrubros na Arena de Pernambuco.

Em busca de um milagre na segunda etapa, o Náutico ainda desperdiçou uma cobrança de penalidade com Wallace Pernambucano aos 22 minutos. Faltando seis minutos para o final do confronto, o próprio atacante se redimiu, contudo, já era tarde para reagir e a frustração alvirrubra tomou conta do palco da partida, já que o Timba amargará a Série C novamente em 2019.

CONFIRA OS MELHORES MOMENTOS DA PARTIDA:

Ficha do jogo

Náutico: Bruno; Bryan, Camutanga, Suelinton e Assis; Josa (Wallace Pernambucano), Luiz Henrique e Lelê (Jobson); Dudu (Rafael Assis), Ortigoza e Robinho. Técnico: Márcio Goiano.

Bragantino: Alex; Buiu (Everton), Lázaro, Guilherme Mattis e Fabiano; Adenilson, Magno, Rafael Chorão e Vitinho; Matheus Peixoto (Danilo Bueno) e Léo Jaime (Júnior Goiano). Técnico: Marcelo Veiga.

Local: Arena de Pernambuco

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (Fifa-RJ)

Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (Fifa-RJ) e Carlos Henrique Alves (RJ)

Gols: Matheus Peixoto (32 min do 1º) e Wallace Pernambucano (38 min do 2º)

Cartões amarelos: Ortigoza, Rafael Assis (N), Buiu, Guilherme Mattis, Vitinho, Matheus Peixoto, Adenílson, Lázaro (B)

Público: 27.469

Renda: R$ 879.515