Mídia Esportiva

Neto detona São Paulo por deixar Richarlyson fora de homenagem: ‘Kaká ganhou um título’

Publicado às

Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.

Corinthians

Crédito: Reprodução/Band

A ausência de Richarlyson no “Caminho dos Ídolos”, homenagem do São Paulo no Estádio do Morumbi a 99 grandes nomes da história do clube, fez Neto desabafar no programa “Os Donos da Bola”.

“Com todo o respeito aos ídolos do São Paulo, mas faltou o Richarlyson. Ele tem três títulos brasileiros e Mundial. Por que vocês não convidaram o Richarlyson?”, indagou Neto.

Durante o início do debate, Neto destacou que Kaká e Belletti foram chamados para a homenagem e não ganharam títulos importantes pelo São Paulo. O apresentador insinuou que um dos motivos foi o fato da torcida ser homofóbica com o atleta.

“Tem algum motivo para isso? Porque a torcida sempre foi homofóbica com ele, porque comigo não tem isso. Eu falo a verdade. Sempre foi homofóbica com o Richarlyson. Ele tem três brasileiros e um Mundial e vocês não convidaram ele? O Kaká não ganhou nada no São Paulo, o Belletti não ganhou nada e vocês não levam o Richarlyson?”, desabafou o apresentador, que logo depois lembrou do Rio-São Paulo e o Paulista ganhos por Kaká e Belletti, respectivamente.

“Qual é o critério para você colocar uma pessoa no hall da fama? Não dá para colocar todo mundo, mas sem um critério? Aí está errado. É homofobia ou não? Porque a torcida do São Paulo sempre foi homofóbica com o Richarlyson e isso eu não vou deixar de falar”, declarou.

Neto continuou insinuando sobre o fato de Richarlyson não ser bem aceito pelos são-paulinos e questionando as presenças de Kaká e Belletti. Ele ainda lembrou que quando dirigente do Guarani, tentou levar o jogador para o Bugre.

“Agora um campeão do mundo e que tem três títulos brasileiros não ser convidado para o evento como esse? Ai o Kaká e o Belletti vão sem nenhum título (importante)? Como podem deixar o Richarlyson fora. Por que? Porque vocês acham que ele é gay? Por que não pode? Vocês são homofóbicos? Ninguém falou isso, só eu estou falando. Não tenho medo de falar e não tenho mesmo. Gosto do Lela (pai do Richarlyson), gosto do Alecsandro e adoro o Richarlyson. Quando fui dirigente no Guarani eu quis contratar o Richarlyson e infelizmente não consegui”, lamentou.

Outro nome que não esteve na homenagem do São Paulo foi o do ex-lateral Zé Teodoro, bicampeão brasileiro e tetracampeão paulista pelo Tricolor. Neto também ressaltou.

“Vocês esqueceram o Zé Teodoro que tem quase 500 partidas e tem dois títulos brasileiros pelo São Paulo. Mas espera aí. O Kaká serve, só porque ele é o Kaká, só porque é patrocinado pela Adidas, só porque tem nome?”, ironizou.

“Vocês vão me dar uma resposta sobre isso ou acham que vou ficar puxando saco de vocês? O Serginho Chulapa foi convidado, mas ele não vai porque ele nunca foi recebido como o maior artilheiro da história do São Paulo”, continuou o apresentador.

ASSISTA AO DESABAFO DE NETO

LEIA MAIS
Barrado no São Paulo há 10 anos, Denílson se emociona e fala em ‘ferida curada’