Pikachu justifica derrotas do Vasco: “Estamos pecando em lances individuais”

O Vasco conheceu mais uma derrota na temporada 2018. Na tarde deste domingo (5), a equipe carioca foi derrotada pelo São Paulo, por 2 a 1, em jogo da 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. Autor do único gol vascaíno, o lateral Yago Pikachu falou sobre o jogo na saída do gramado.

Daniel Gois
Estudante de jornalismo da Universidade Católica de Santos. No Torcedores desde janeiro de 2017, escreve sobre futebol, basquete, formula 1 e eventualmente games.

Crédito: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

A derrota para o São Paulo foi a segunda seguida do Vasco no Brasileirão, que já havia perdido para o Corinthians, por 4 a 1. O Cruz-Maltino também saiu derrotado na Copa Sul-Americana. Yago Pikachu destacou os erros individuais da equipe.

“A gente vem tentando não oscilar tanto nas partidas, como foi contra o Corinthians. Hoje pegamos um gol com menos de cinco minutos. Depois disso, continuamos jogando, tivemos oportunidades. No segundo tempo, jogamos bem melhor, fomos melhores que o São Paulo. Mas em lances individuais estamos pecando, e o adversário aproveita. Um empate seria um bom resultado pelo que a gente fez. ”

Com a derrota, o Vasco permanece com 19 pontos e está na 12ª posição, fato que pode mudar ainda nessa rodada, se o Sport vencer a Chapecoense. O próximo adversário do Cruz-Maltino no Brasileirão é o Palmeiras, dia 12 (domingo), fora de casa.

Assista aos melhores momentos da derrota vascaína para o São Paulo

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Giovanni Augusto é lançado, finta Arboleda e finaliza rente à trave; assista

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X VASCO

Competição: Campeonato Brasileiro Série A 2018 – 17ª rodada
Local: estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 5 de agosto de 2018, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (SC – Fifa) e Helton Nunes (SC)

SÃO PAULO: Sidão; Militão, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Hudson, Liziero e Nenê; Rojas, Diego Souza e Everton
Técnico: Diego Aguirre

VASCO: Martín Silva, Luiz Gustavo, Oswaldo Henríquez, Ricardo e Ramon; Leandro Desábato, Andrey, Yago Pikachu, Giovanni Augusto e Thiago Galhardo; Andrés Ríos
Técnico: Jorginho