Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Zagueiro Marquinhos Silva comenta mudança no esquema tático do Avaí e analisa disputa por titularidade: “Vim para ajudar”

Avaí x Vila Nova se enfrentaram na noite da última terça-feira (7), no estádio da Ressacada, em Florianópolis. Com um gol do atacante Rodrigão já na segunda etapa, o Leão da Ilha derrotou o time goiano por 1 a 0 e encerrou um jejum de quatro partidas sem vitorias em casa.

Douglas Albino
Jornalista e assessor de imprensa. Futebol internacional no Torcedores.com. Passagem pelo portal Redação em Campo. Twitter: @AlbinoDoug

Crédito: Jamira Furlani/Avaí F.C

Para o confronto diante do Vila Nova, o técnico Geninho optou pela mudança. O treinador abriu mão do esquema 3-5-2 e optou por um 4-4-2 mais clássico, com Marquinhos e André Moritz no setor de criação. Com isso, o Avaí ganhou em criação no meio-campo.

Quem teve de sair do time titular para a mudança de esquema foi o zagueiro Marquinhos Silva. Ele viu Betão e Airton formarem a dupla de zaga titular. Mesmo assim, o defensor pôde contribuir no triunfo sobre o Vila. Ele entrou já com o 1 x 0 no placar, quando o time da casa retornou ao 3-5-2.

Mesmo tendo de iniciar o confronto entre os reservas, Marquinhos Silva se mostrou sem validade e garantiu que o foco principal está em colocar o Avaí na elite do Brasileirão. “Eu vim para ajudar o Avaí. Independente se estiver jogando ou não. Encontramos outra maneira de jogar em casa e deu resultado”, disse o jogador.

“O importante é estar sempre preparado. Hoje pude entrar no segundo tempo e ajudar a manter esse resultado que foi muito importante para a equipe”, concluiu Marquinhos Silva.

O Avaí volta a campo na próxima terça-feira (14), às 19h15. A equipe catarinense visita o Brasil de Pelotas, no estádio Bento Freitas, pela 21ª rodada da Série B.