Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Ex-meia Alex vê absurdo em expulsão de Dedé e lembra Ubaldo Aquino em 2001

A vitória do Boca Juniors por 2 a 0 diante do Cruzeiro, na Argentina, foi ofuscada por um erro absurdo do árbitro Elber Aquino, que mesmo com a ajuda do VAR, mostrou o cartão vermelho ao zagueiro Dedé, depois de uma dividida de bola com o goleiro Andrada.

Eder Bahúte
Jornalista e assessor de imprensa.

Crédito: Reprodução/YouTube

Após a partida, foram muitas as manifestações nas redes sociais, lamentando a atitude do responsável pelo apito. Entre elas, o meia Alex, ex-atleta da Raposa. O jogador citou o sobrenome do juiz para relembrar um episódio semelhante que viveu na mesma Bombonera quando defendia o Palmeiras.

Em 2001, pelas semifinais da Libertadores da América, o também paraguaio Ubaldo Aquino teve uma arbitragem desastrosa no empate entre Boca e Palmeiras.

Hoje, Ubaldo Aquino é membro da Comissão de Arbitragem da Conmebol, presidida pelo brasileiro Wilson Seneme.

“Árbitro paraguaio (sobrenome AQUINO) apitando em La Bombonera… Já sofri com esse filme… ABSURDO!”, escreveu Alex em seu Twitter.

‘Atitude covarde’ 

Foi desta forma que o zagueiro Dedé enxergou a sua expulsão, na Argentina. Na zona mista, o defensor da Raposa citou seu histórico para se defender.

“Estou muito (decepcionado). Estou revoltado. É lance forte, mas de jogo. Quem me conhece, vê meu futebol, sabe que não sou maldoso. Não tinha feito uma falta no jogo. Um lance de muita gente, nem olhei, nem sabia que tinha acertado o goleiro”..

LEIA MAIS:

As melhores notícias de esportes, direto para você

 

SAIBA QUAL SERÁ O PRÓXIMO JOGO DO CRUZEIRO APÓS DERROTA PARA O BOCA JUNIORS

MANO MENEZES DETONA ARBITRAGEM APÓS EXPULSÃO DO ZAGUEIRO DEDÉ NO JOGO CONTRA O BOCA

AUSENTE DO JOGO DE LA BOMBONERA, ARRASCAETA NÃO PERDOA ARBITRAGEM: “PARA QUE SERVE O VAR?”