Bruninho enaltece quinta final consecutiva de mundial do Brasil e avisa: “amanhã o bicho vai pegar”

O Brasil bateu a Sérvia por 3 sets a 0, por 25 x 22, 25 x 21 e 25 x 22, neste sábado (29), e se classificou para a final do mundial. A seleção brasileira agora espera Estados Unidos ou Polônia, que fazem a outra semifinal.

Vitor Cavalcanti
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/FIVB

O Brasil vai disputar sua quinta final de mundial consecutiva.  A seleção busca o quatro título. Venceu em 2002, 2006 e 2010. Em 2014, perdeu para a Polônia, que jogava em casa. Bruninho e Lipe ressaltaram esse feito histórico.

“É a quinta final consecutiva, não sei se alguém conseguiu isso no esporte mundial. E é o Brasil. Essa camisa aqui  de certa forma ela pesa. Agora é se preparar que amanhã o bicho vai pegar”, disse Bruninho.

O ponteiro Lipe foi outro que enalteceu a história vencedora da seleção brasileira.

“Mais uma final, são 16 anos de cinco campeonatos mundiais, cinco finais, quatro olimpíadas, quatro finais. Não sei se na história do esporte coletivo teve alguma seleção que conseguiu tal feito. Muito orgulho de fazer parte. De ter aprendido com essa seleção desde o começo, de ter assistido, de ter participado. Orgulho, felicidade, emoção”, afirmou.

técnico da seleção brasileira, Renan Dal Zotto, foi outro que citou a história da seleção brasileira e a força da camisa.

“Isso (respeito) foi construído durante muitos anos pelo Brasil. A seleção brasileira de voleibol construiu isso há décadas. Ela tem um respeito sim. E quando ela demonstra isso dentro da quadra ela fica mais evidente”, ressaltou.

LEIA MAIS

Brasil passa por cima da Sérvia e se classifica para final do Mundial