Com mais talento do que raça, meia se destaca em vitória do Flamengo; confira

O Flamengo teve uma noite de atuação bastante segura diante da Chapecoense neste sábado (8). Jogando no Maracanã em partida válida pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, O Mengão venceu a Chape por 2 a 0, gols de Renê e Diego. Se não foi brilhante, o time comandado por Maurício Barbieri conseguiu controlar a partida.

Glauco Costa
Colaborador do Torcedores

Crédito: Gilvan de Souza

Se nos minutos iniciais o Rubro-Negro teve dificuldades para jogar, não demorou muito para a sua superioridade técnica se impor perante ao adversário. A partir do momento que Diego passou a chamar a responsabilidade do jogo, as coisas ficaram mais claras para o time carioca. Mesmo assim, o gol só foi sair no final do primeiro tempo em finalização de Renê.

Na segunda etapa, a vantagem inicial foi ampliada em cobrança de pênalti de Diego. O camisa 10, aliás, foi o melhor jogador do Fla na partida. Responsável por iniciar as jogadas de ataque, o meia mostrou qualidade técnica e raça ao longo dos 90 minutos (muito mais talento do que raça, é bom dizer).

Veja como foi a atuação dos jogadores do Flamengo:

  • Diego Alves – 6,5: Pouco exigido e se mostrou seguro quando necessário;
  • Rodinei – 6: Voluntarioso no ataque, saiu no intervalo por lesão;
  • Pará – 6: Entrou na vaga de Rodinei e manteve o padrão pelo setor;
  • Léo Duarte – 6: Não teve muito trabalho;
  • Réver – 6: Também não teve muito trabalho;
  • Renê – 7: Acertou um belo chute para abrir o placar;
  • Piris da Motta – 5,5: Cometeu faltas em excesso;
  • Willian Arão – 6,5: Fez uma partida segura na marcação e buscou dar opção no ataque;
  • Diego – 8: Um gol e uma assistência. Demonstrou raça e não se escondeu do jogo;
  • Éverton Ribeiro – 6: Esforçou-se, mas foi pouco criativo;
  • Marlos Moreno – 5: Teve pouco tempo em campo;
  • Vitinho – 5: Desatento, não aproveitou os espaços que encontrou;
  • Uribe – 4: Peça nula dentro de campo;
  • Berrío – 5,5: Entrou e animou a torcida, mas não ofereceu perigo.

LEIA MAIS:
URSAL no futebol! Fala de candidato repercute entre torcedores; confira

Crédito da Foto: Gilvan de Souza