Umberto Louzer critica primeiro tempo bugrino em CRB x Guarani: “Não pode ser tão apático”

Umberto Louzer, técnico do Bugre, não escondeu o quanto ficou insatisfeito após o empate no confronto CRB x Guarani. A partida acontece na última sexta-feira (07), no estádio Rei Pelé, em Maceió. Apesar disso, o comandante bugrino fez questão de valorizar o ponto conquistado no nordeste brasileiro. De acordo com o treinador, o primeiro tempo de seus comandados foi de baixa qualidade.

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Youtube/Reprodução

Na entrevista coletiva após CRB x Guarani, Umberto Louzer destacou os pontos que a equipe precisa melhorar. Logo depois de comentar que ficou incomodado demais com o primeiro tempo bugrino e revelar uma “cobrança áspera” no intervalo, o treinador elencou os pontos. “A gente não pressionava sem a bola, principalmente. Não pode começar de forma tão apática, ficar assistindo o adversário jogar. Tem de ter uma atitude melhor, um comportamento razoável, ser mais atento, porque se o adversário marcar um ou dois gols nossa missão pode ficar complicada”, disse.

O intervalo, com cobrança, foi o que mudou os rumos do Guarani na partida, de acordo com Louzer. “Voltamos com outra atitude, quando sofremos o gol do CRB já estávamos melhor em campo. Vale ressaltar, porém, que a equipe não se desorganizou, manteve o padrão e conseguiu o sangue novo necessário para buscar o empate. O ponto é muito válido, mas temos que vencer nossos compromissos em casa para valorizar o resultado aqui no Rei Pelé”, comentou.

Sangue novo? Umberto fala de Bruno Mendes e Rafael Longuine, que, desgastados, começaram a partida no banco de reservas. “Coloquei o Marcão e o Rondinelly para dar um gás a mais no começo, mas o grupo tem uma força que eu valorizo demais. Quem entrou, levou o time à frente”. O gol de empate campineiro foi justamente de Bruno Mendes.

LEIA MAIS
Com ótima defesa, Guarani bate marca de cinco anos; veja qual
Ponte Preta x Guarani: Bugre é recebido com luzes verdes; saiba mais
Assembleia para definir parceira do Guarani pode ser adiada; saiba mais

Quem chega e quem sai dos clubes?