Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Durante confusão com Renato, jogadores do Inter cantaram música da torcida e fizeram festa no vestiário

Na tentativa de se mostrarem alheios à confusão com o técnico Renato Gaúcho, que tentou entrar no vestiário rival, jogadores colorados foram registrados fazendo a festa como se fossem legítimos torcedores. Enquanto o empurra-empurra acontecia após o desfecho do Gre-Nal 417 neste domingo, atletas do Inter e membros da comissão técnica cantavam uma das mais entoadas músicas da torcida.

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Reprodução/Twitter

“Vâmo Inter, vâmo Inter, vâmo vâmo meu Inter, vamos lutar, até morrer, seremos campeões”, repetiam jogadores e funcionários na parte interna do vestiário, enquanto seguranças e membros de ambos os clubes protagonizavam um enorme tumulto no corredor de acesso às salas.

O repórter Matheus D’Avila, da Rádio Bandeirantes, registrou a confusão e parte do momento em que os colorados faziam a festa na entrada do vestiário:

 

Em sua coletiva de imprensa, Renato tentou explicar qual era o objetivo ao se aproximar do vestiário rival. Ele negou que tenha ido arranjar confusão e garantiu que só queria dar parabéns ao Inter pela vitória de 1×0.

“Eu, como um gentleman, de boa educação, fui conversar com alguns deles e não deixaram eu entrar. Fui cumprimentá-los. Entendi a euforia deles. Nós, que estamos acostumados a ganhar, sabemos perder. Agora, tirar onda do Grêmio ninguém vai tirar. Agora, o que eles fizeram, acho que os torcedores do Internacional deveriam saber”, acrescentou.

Súmula registra confusão e aponta atitude de Renato

O árbitro Péricles Bassols Cortez registrou em súmula o episódio ocorrido minutos depois do jogo. E responsabilizou Renato Gaúcho como um dos pivôs da confusão.

“Ato continuo ao fechamento das portas, o técnico da equipe do Grêmio FBPA, sr. Renato Portaluppi, sai de dentro do seu vestiário, atravessa a zona mista, e tenta adentrar o vestiário do Internacional, gerando novo conflito entre dirigentes e seguranças de ambas equipes. Este conflito foi apaziguado novamente pelos seguranças e as equipes retornaram para seus vestiário”.

Bassols também fez referência aos xingamentos do volante Maicon, que não esteve em campo, mas participou do tumulto dizendo aos colorados que “depois não adianta pedir arrego”, além das ofensas retradas pelo árbitro.

Enquanto o Inter virou líder após o Gre-Nal com 49 pontos, o Grêmio estacionou nos 41 e pode perder o 5° lugar se o Atlético-MG vencer o Atlético-PR nesta segunda-feira.

Zeca fala ao Torcedores e confia no título

“No início do campeonato, ninguém acreditava no nosso time”. Foi com esse sentimento de lembrança que o lateral-direito Zeca citou, ao Torcedores.com, o processo de reconstrução que o Inter vem vivendo ao longo do Brasileirão.

Em entrevista exclusiva, disponível no áudio abaixo, o lateral celebra o bom momento do time no Brasileirão e projeta a próxima rodada contra a Chapecoense, fora de casa.

Renato Gaúcho critica e até ironiza o Inter após Gre-Nal

A festa da torcida colorada na vitória sobre o Grêmio

LEIA MAIS:

Ex-dirigente do Grêmio diz que “profissionais do Inter” pediram para não ser humilhados no Gauchão

Odair vibra e se ajoelha, Rossi faz dancinha: a comemoração do Inter pós-Gre-Nal

Dirigente do Inter rebate Renato: “Precisa aprender a perder”

Renato Gaúcho detona Inter e ironiza até campanha rival: “É muito para eles”

Siga o autor:

No YouTube

No Instagram

No SoundCloud