Felipão se nega a comentar gol anulado do Palmeiras: “não seria correto da minha parte”

O Palmeiras perdeu para o Cruzeiro por 1 a 0, nesta quarta-feira (12), no Allianz Parque, em partida válida pela semifinal da Copa do Brasil.

Vitor Cavalcanti
Colaborador do Torcedores.com.

A primeira pergunta para o técnico do Palmeiras, Luiz Felipe Scolari, na entrevista coletiva, foi sobre o polêmico lance no final do jogo em que o árbitro apitou falta de Edu Dracena em Fábio e impediu o que seria o gol d empate do Verdão.

Felipão já foi logo avisando que deixaria para Alexandre Mattos comentar o lance e saiu pela tangente ao falar do assunto.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

“Lance final eu não vou falar nada. Alexandre já falou. Eu não quero comentar porque não seria correto da minha parte. Sobre desempenho foi razoável. Tivemos o controle do jogo, mas tomamos o gol muito cedo. O Cruzeiro sabe jogar fechadinho, trabalha bem a bola. Tivemos poucas chances para empatar. Sabíamos que seria muito difícil, um jogo que teria que ter muito equilíbrio. Nos perturbamos com lances que achamos que era a nosso favor e não foi. Isso não vai mais acontecer”, comentou.

O treinador do Palmeiras ainda foi questionado se a derrota no confronto de mata-mata iria influenciar em algo no trabalho, já que foi um dos poucos resultados negativos desde que voltou ao clube.

“Vai ser a segunda (derrota), perdemos para o Cerro também. Nós temos que lidar como estamos lidando. Eles tem trabalhado, se dedicado, temos um grupo maravilhoso de jogadores. Não é um resultado que vai acabar com o retrospecto de uma equipe. Eles vão continuar trabalhando. Não vamos mudar. Nada disso”, afirmou.