Inglaterra x Espanha: técnico não estreia com derrota na Fúria desde 1988

Inglaterra x Espanha se enfrentam nesta sexta-feira (08), às 15h45 (Horário de Brasília), no estádio de Wembley, em Londres. O jogo é válido pela UEFA Nations League, nova competição criada para oferecer jogos de valor para as seleções europeias durante as datas FIFA. A peleja, porém, também é muito importante para manter um tabu na Seleção Espanhola. Há trinta anos um treinador não estreia na Fúria com derrota. Hoje, Luis Enrique faz seu primeiro cotejo na casamata do selecionado ibérico.

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: RFEF/Twitter

Historicamente, a estreia de um técnico na Seleção Espanhola costuma ser positiva. Luis Enrique é o 53º treinador da história da Espanha. Nos inícios de trabalho anteriores, foram 33 vitória,s 09 empates e 10 derrotas. O último técnico que começou sua jornada no selecionado espanhol com derrota foi Luis Suárez, que perdeu para a Iugoslávia por 2×1 no estádio Carlos Tartiere, em Oviedo. O antigo treinador do Barcelona tentará manter a escrita em Inglaterra x Espanha.

Na lista de estreias de técnicos da Seleção Espanhola, algumas curiosidades. Em 1934, Amadeo García Salazar teve como primeiro jogo um impiedosa goleada. A Fúria fez sonoros 9×0 em Portugal. Outros três técnicos estrearam vencendo por 6×0: Ladislao Kubala, Ricardo Zamora e José Villalonga. Por fim, vale destacar também Javier Clemente. O treinador fez sua estreia justamente contra os britânicos, bem como Luis Enrique hoje. Venceu por 1×0. Em 1962, outra estreia ante a Inglaterra. O trio de treinadores, formado por José Luis Costa, José Luis Lasplazas e Ramón Gabilondo perdeu por 4×2

Confira abaixo as estreias de todos os técnicos da Espanha após 1988:

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

Vicente Miera: Seleção Espanhola 2×1 Uruguai
Javier Clemente: Seleção Espanhola 1×0 Inglaterra
José Antonio Camacho: Seleção Espanhola 1×0 Rússia
Iñaki Saéz: Seleção Espanhola 1×1 Hungria
Luis Aragonés: Seleção Espanhola 3×2 Venezuela
Vicente del Bosque: Seleção Espanhola 3×0 Dinamarca
Julen Lopetegui: Seleção Espanhola 2×0 Bélgica
Fernando Hierro: Seleção Espanhola 2×2 Portugal

LEIA MAIS
Em entrevista, Jordi Alba revela que quer se aposentar no Barcelona
Jornal espanhol esquece o futebol e destaca resgate na Tailândia; veja a capa
Jornal espanhol comemora eliminação da Rússia: “O futebol foi justo”; veja tweets