José Aldo recusa duelo contra Moicano e quer subir para os leves

José Aldo recentemente foi desafiado por outro lutador brasileiro, Renato Moicano, que deseja enfrentar o ex-campeão dos penas do UFC. Mas o manauara não parece disposto a aceitar o pedido deste para o enfrentar.

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Reprodução/Facebook Oficial UFC

O lutador deu entrevista ao Combate e afirmou que lutaria contra ‘qualquer um’ da divisão dos penas. Mas descarta para este momento enfrentar Moicano, citando que, para sua sua carreira, há outras opções que poderiam ‘acrescentar mais’.

“Eu faço luta com qualquer um. Principalmente com pessoas que querem lutar comigo. Vejo isso com bons olhos, mas acho que essa luta com o Moicano não é para agora. Tenho outros adversários em mente, que vão me colocar num lugar melhor do que ele. Então, ganhar dele não é mais do que minha obrigação. Para mim, essa luta não tem significado algum. Mas se um dia eu tiver a oportunidade de lutar com  ele, quero lutar sim. Dessa forma, a gente cala a boca de quem possa falar alguma coisa”, declarou Aldo.

O alvo de José Aldo para o futuro, no entanto, reside em outra categoria. O brasileiro estuda seriamente mudar-se para o peso-leve e chegou a ter luta oferecida contra Donald Cerrone para o UFC São Paulo. Mas a luta foi vetada por Dedé Pederneiras, treinador do manauara.

“Quero me testar no peso de cima. Estava mirando uma luta contra o Anthony Pettis, mas agora ele vai enfrentar o Tony Ferguson (no UFC 229).  Estava de férias na Disney quando me ligaram e me ofereceram para enfrentar o Cerrone em São Paulo. Por ser no Brasil, me empolguei e até aceitei. Mas o Dedé não achou válido eu lutar, eu tinha acabado de vir de uma luta (contra Jeremy Stephens), precisava de um tempo de descanso e para me preparar. Ele é um cara duríssimo, eu teria que estar muito bem preparado. Não tinha como fazer essa luta”, comentou.

LEIA MAIS

McGregor é processado por lutador; Entenda o motivo!

USADA suspende Fabrício Werdum por dois anos por uso de doping

(Crédito da foto: Reprodução/Facebook Oficial UFC)