3 lições que Palmeiras deve aprender após derrota para Cruzeiro pela Copa do Brasil

O Palmeiras perdeu para o Cruzeiro por 1 a 0, nesta quarta-feira (12), no Allianz Parque, em partida válida pela semifinal da Copa do Brasil.

Vitor Cavalcanti
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Fabio Menotti/Ag Palmeiras/Divulgação

Essa foi a segunda derrota do Palmeiras de Felipão, também a segunda em torneio de mata-mata e no Allianz Parque. Agora, o Verdão vai precisar vencer o Cruzeiro no Mineirão para continuar sonhando com o título da Copa do Brasil. Como não há critério do gol fora de casa no torneio, qualquer vitória por um gol de diferença do Alviverde leva o jogo para os pênaltis.

Veja 3 lições que o Palmeiras deve aprender

Derrotas em casa

O Palmeiras perdeu apenas dois jogos sob o comando de Luiz Felipe Scolari. Exatamente nos torneios de mata-mata – que são os objetivos principais do time – e em casa. Tudo bem que o revés contra o Cerro Porteño teve o componente da expulsão de Felipe Melo logo aos 3 minutos de jogo e não foi suficiente para eliminar o time. Mas, mesmo assim, é para ligar o sinal amarelo. Contra o Cruzeiro, o time tomou um gol logo no começo do jogo e não teve capacidade de arrancar o empate.

Qualidade de jogo

Por mais que os resultados estivessem totalmente favoráveis, a qualidade de jogo do Palmeiras ainda podia melhorar. Foi exatamente o que aconteceu no jogo contra o Cruzeiro. Como o resultado não veio, o futebol não tão criativo da equipe ficou latente. O Verdão apela muitas vezes para o chutão e a ligação direta. Uma equipe com tanta qualidade não precisa ter um jogo tão pobre.

Primeiro momento negativo

Felipão foi questionado na entrevista coletiva sobre como o time iria reagir ao primeiro momento negativo desde a sua volta. Tudo estava dando certo até então. Todas as classificações vieram e o Palmeiras cortou para três pontos a diferença para o líder no Brasileirão. O risco de ser eliminado da Copa do Brasil não pode virar um efeito cascata e o time se perder. O jogo de volta acontece apenas daqui duas semanas. Serão duas rodada do Brasileiro e o jogo de ida da Libertadores. Tempo suficiente de achar soluções ofensivas para vencer no Mineirão.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

LEIA MAIS

Felipão se nega a comentar gol anulado do Palmeiras: “não seria correto da minha parte”

Torcida do Palmeiras reclama de gol anulado e pergunta: “Cadê o VAR?”

STJD mantém pena de Deyverson de dois jogos na Copa do Brasil