Mercado da bola: Croácia lidera ranking de negociações após a Copa do Mundo

A Croácia surpreendeu o mundo do futebol ao superar países como Argentina, Inglaterra, Rússia e Dinamarca, e disputar a final da Copa do Mundo de 2018 diante da França – que acabou ficando com o título. A boa campanha croata, no entanto, valorizou os jogadores do país, que lideraram as negociações da janela de transferências.

Danielle Barbosa
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Getty Images

De acordo com o Globoesporte.com, nove jogadores que disputaram a Copa do Mundo pela Croácia foram negociados após a disputa do Mundial, entre eles, Kovacic, que trocou o Real Madrid pelo Chelsea, e Vrsaljko, que trocou o Atlético de Madrid pela Inter de Milão.

Confira o ranking das seleções que mais transferências após a Copa do Mundo:

— Croácia – 9 jogadores negociados
— Suécia – 7 jogadores negociados
— Colômbia – 6 jogadores negociados
— Bélgica – 5 jogadores negociados
— Dinamarca – 4 jogadores negociados

As negociações em destaque ficam por conta do goleiro belga Thibaut Courtois, que trocou o Chelsea pelo Real Madrid por cerca de 35 milhões de euros. Havia uma grande expectativa de que Eden Hazard, outro destaque da Bélgica, pudesse trocar o clube inglês pelo time madrilenho, e apesar das declarações de que gostaria de defender o Real, as negociações não avançaram.

Na seleção da Colômbia, por exemplo, o destaque fica por conta do zagueiro Yerry Mina, que deixou o Barcelona para tentar fazer carreira pelo Everton, na Premier League.