Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Michael Jordan doa US$ 2 milhões para vítimas do furacão Florence

O furacão Florence mobilizou todos nos Estados Unidos. Buscando conter quaisquer perigos que o ciclone pudesse trazer, a sociedade norte-americano tratou de se unir. Passado o pior, os EUA buscam ajudar como podem os que foram atingidos. Como não poderia deixar de ser, várias personalidades colaboraram. Um dos mais notórios atletas de todos os tempos, Michael Jordan também ajudou.

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Twitter/Reprodução

A ajuda de Michael Jordan é icônica. Embora tenha nascido no Brooklyn, em New York, o melhor jogador de basquete de todos os tempos atuou no college por Tar Heels, equipe da universidade de North Carolina. A Carolina do Norte é um dos estados mais atingidos pela tempestade tropical, que já matou, até a noite desta terça-feira (18), trinta e duas pessoas, de acordo com Serviço Nacional Meteorológico dos EUA (NWS). Vinte e cinco delas, por sinal, na região mais ao norte dos estados-irmãos.

Em comunidade divulgado por meio do Charlotte Hornets (time do qual é proprietário), Michael Jordan anunciou que doará US$ 2 milhões. Metade desse valor terá como destino a Cruz Vermelha americana. A outra metade irá para o fundo de proteção às vítimas do furacão Florence.

A atuação de Jordan e do Charlotte Hornets (capital da Carolina do Norte), porém, não será apenas por meio de doações. Membros da franquia se juntarão à Food Lion (companhia de alimentos) para distribuir mantimentos aos necessitados. O time também fará uma camiseta especial. A peça terá o logo da equipe com o território das Carolinas do Norte e do Sul desenhado. Por fim, a camisa terá a inscrição “Carolina Strong” (Carolina forte, em tradução livre).

LEIA MAIS
Mão de jogador da NBA em treinamento gera memes; veja tweets
Caminho das Índias! NBA deve fazer jogo na Índia em 2019
Franceses da NBA comemoram título da Copa do Mundo, veja tweets
O começo da dinastia: primeiro título do Bulls de Jordan na NBA completa 17 anos