Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Imprensa analisa eliminação do Palmeiras na Copa do Brasil; veja os comentários

O Palmeiras não conseguiu se impor sobre o Cruzeiro para buscar a classificação à final da Copa do Brasil. Jogando no Mineirão, o Alviverde saiu atrás do placar, até chegou a buscar o empate, mas a reação parou por aí e a eliminação que era quase certa após o jogo de ida no Allianz Parque foi confirmada.

Mohamed Nassif
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Foto: Divulgação Band

Após a partida, alguns dos principais comentaristas esportivos do país analisaram a eliminação do time paulista. Confira os comentários:

PVC:

No início do segundo tempo, a marca da equipe de Felipão apareceu: bola parada. Na sequência do clássico, o Palmeiras empurrou o Cruzeiro para perto de sua grande área, como Mano Menezes não gosta. A linha defensiva estava praticamente dentro da meia lua. Na soma dos dois jogos, o Cruzeiro mereceu a classificação.

Milton Neves:

Cruzeiro e Palmeiras fizeram um duelo digno de semifinal de Copa do Brasil, com as duas equipes chegando constantemente com perigo e lindas defesas de seus goleiros. Só que parecia que a fatura já estava liquidada aos 27 minutos do primeiro tempo, quando Barcos abriu o placar após grande vacilo do esquadrão esmeraldino. Mas, aos cinco minutos da etapa complementar, Felipe Melo recolocou o Verdão no jogo, com um gol de cabeça. Aí foi na base do “coração saindo pela boca” até os 53 minutos, quando o árbitro apitou o fim de jogo.

Juca:

Só aos 39 Moisés deu o primeiro chute do Palmeiras, um absurdo para quem precisava vencer. O jogo tinha momentos terríveis, mas Weverton, de rosto, salvou um gol de Dedé. O Cruzeiro controlou o final do jogo e vai tentar o hexa contra o tetra do Corinthians na Copa do Brasil. O Verdão achou um gol já que Felipe Melo ganhou de Dedé no alto.

Arnaldo:

Me surpreendeu a maneira que o Palmeiras não aceitou a classificação. Não soube perder. Acho que o time sonhou por alguns dias com a tríplice coroa e agora tem duas frentes. Nenhuma eliminação é bem-vinda.

Mauro:

Palmeiras finalizou uma vez só. As pessoas tem que olhar de forma mais crítica a proposta do Felipão que tem “camarão”, vários frutos do mar. É um futebol de ligação direta, a bola não passa pelo meio campo. Vence uns coitados no Brasileiro. Pode ganhar alguma coisa, mas hoje foi constrangedor. Foi muito abaixo do que poderia apresentar. Não busca o gol.

Leia mais:

Clebão acredita que Verdão poderia conquistar o Mundial de 99 caso existisse o VAR