Tony Parker revela mensagem de Michael Jordan para jogar no Hornets

Uma das transferências mais comentadas da free agency da NBA na pré-temporada de 2018 foi a de Tony Parker. O armador saiu do San Antonio Spurs, onde ficou dezessete anos e conquistou quatro títulos, e foi para o Charlotte Hornets. Perguntado sobre os motivos pelos quais fez tal escolha, o francês foi bem claro. As declarações foram dadas ao jornalista Matt Rochinski, em entrevista ao site Hornets.com, portal oficial da franquia da Carolina do Norte.

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Twitter/Reprodução

Na entrevista, Tony Parker falou até mesmo do momento decisivo para a mudança de franquia. De acordo com ele, isso aconteceu logo após a mensagem de ninguém mais, ninguém menos que Michael Jordan. Explica-se: o maior jogador de basquete de todos os tempos é o atual dono do Charlotte Hornets, uma das trinta franquias atuais da NBA.

“Quando eu recebi [a ligação de Michael Jordan], me decidi de vez. Ele me mandou uma mensagem pelo celular, e quem me conhece sabe que ele era, simplesmente, o ídolo de toda a minha infância. Era o meu ídolo enquanto eu era uma criança. Sempre foi meu jogador favorito e eu, também, queria ser ele. Basicamente, ele me fez querer jogar basquete. Ele conduziu toda a sua carreira de uma maneira que foi um grande exemplo para a gestão da minha própria enquanto estava no Chicago Bulls e no Dream Team [equipe americana de basquete masculino que disputou os Jogos Olímpicos de Barcelona, em 1992]. Aquela foi a época em que a bola laranja explodiu na Europa. Eu sinto como se estivesse finalizando minha história no esporte ao jogar minhas últimas temporadas na franquia comandada por Michael Jordan. Certamente vai ser algo bem legal para mim e pra quem me acompanha há tanto tempo”, afirmou.

LEIA MAIS
Jogadores da NBA comemoram vitória do Browns na NFL; veja tweets
Michael Jordan doa US$ 2 milhões para vítimas do furacão Florence
Franceses da NBA comemoram título da Copa do Mundo, veja tweets