Triggerun: Game brasileiro tem nova personagem feminina; saiba como jogar

Foram anunciadas diversas novidades para personagens e partidas ranqueadas no modo multiplayer de Triggerun, o MMOFPS free-to-play e totalmente em português da 2AXION.

Gisele Henriques
Colaborador do Torcedores

Crédito: Imagem: Divulgação

A fase open beta de Triggerun para PC foi liberada via Steam, com uma série de novidades em relação à versão que os jogadores brasileiros experimentaram em primeira mão no final de julho, em closed beta. Ou seja, basta acessar a Steam e baixar o jogo para testar.

A partir de agora, os usuários têm à disposição uma loja in-game onde poderão adquirir itens virtuais para aprimorar seus personagens e skins para personalizar o visual dos heróis. Além disso, as partidas multiplayer de Triggerun, que eram casuais, passam a ser ranqueadas, equilibrando os confrontos 5v5 de acordo com o nível dos jogadores.

Outra novidade é a chegada da personagem Alice, uma sniper da classe de defesa que dificilmente erra o alvo e é uma ótima opção para abrir os caminhos para seus aliados. Entre suas principais habilidades está a capacidade de se teletransportar e ficar invisível durante o combate.

“Estamos muito felizes com a repercussão e o engajamento da comunidade de Triggerun. Os feedbacks dos usuários estão nos ajudando a aperfeiçoar cada vez mais o jogo e a corrigir bugs. A cada nova fase ficamos mais empolgados e confiantes que no lançamento ofereceremos a experiência que os jogadores esperam” disse Mario Silveira, fundador e CEO da 2AXION. A desenvolvedora fundada pelo brasileiro tem escritório em São Paulo e estúdio em Los Angeles, EUA.

Triggerun conta atualmente com 14 personagens, oito mapas e cinco modos de jogo, ocupa apenas 100 MB de espaço de armazenamento do PC e 4GB de memória RAM. O jogo tem ambientação em um planeta em declínio, que sofre com desastres provocados pela  irresponsabilidade das grandes corporações que estão no poder. Como única alternativa, a sociedade se vê obrigada a se unir em uma luta pelo bem coletivo.

LEIA MAIS:

FOR HONOR TERÁ DOIS CAMPEONATOS PRESENCIAIS; VEJA COMO PARTICIPAR