Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Visão de repórter: torcida empurrou o limitado Corinthians a mais uma final em 2018

Incrível a capacidade de o Corinthians se reinventar. Após desmanche no final do primeiro semestre que custou a saída de quatro titulares e integrantes da comissão técnica, o Corinthians segue firme rumo a mais uma conquista na temporada. Na noite da última quarta-feira, a limitada equipe de Jair Ventura venceu o badalado Flamengo por 2 a 1, na Arena, e avançou à grande decisão da Copa do Brasil.

Rafael Alaby
Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)

Crédito: Foto: Rafael Alaby/Torcedores.com

Mais uma vez, a torcida corintiana teve papel importante na obtenção de um grande resultado. Cerca de 40 mil vozes embalaram a equipe, que se tem carências técnicas evidentes, mostrou brio durante os 90 minutos para conseguir a classificação. Os fanáticos corintianos já haviam feito papel sensacional na véspera do jogo, durante treino aberto no estádio.

A reportagem do Torcedores chegou à Arena por volta das 18h, quase quatro horas antes de a bola rolar e pôde perceber o otimismo dos torcedores nas proximidades do estádio.

Veja abaixo a festa no momento da chegada do ônibus da equipe

Mosaico

O Corinthians iniciou a partida fazendo aquilo que o torcedor sempre espera dentro de casa: muita raça e determinação. O primeiro gol não demorou a sair. Logo aos 13 minutos, Danilo Avelar, sem marcação, recebeu assistência fenomenal de Jadson e chutou cruzado para o gol.

O alvinegro se empolgou e permaneceu no campo ofensivo em busca de ampliar o placar. Contudo, aos 17 minutos, foi surpreendido com o empate flamenguista. Pará recebeu na direita e cruzou. Henrique jogou contra o próprio patrimônio. O Timão sentiu o golpe e até o intervalo passou a ser envolvido pelo visitante, que teve chances para virar. Henrique Dourado chegou a marcar, mas corretamente o assistente invalidou a jogada. O atacante estava em posição de impedimento.

Veio o segundo tempo e o Flamengo seguiu melhor, trocando os passes com mais naturalidade e ameaçando mais vezes o goleiro Cássio. A torcida corintiana percebeu que a equipe vivia momento delicado e passou a gritar ainda mais.

O técnico Jair Ventura acabou fazendo aos 22 minutos e 31 segundos uma substituição que acabaria decidindo a partida. Pedrinho substituiu o apagado Clayson e precisou de apenas 37 segundos em campo para fazer o belo gol da classificação corintiana. Romero foi acionado na esquerda e tocou para o meio. Jadson desviou e a bola sobrou para a jovem promessa, que fintou o marcador e venceu Diego Alves com um chute de pé esquerdo. Logo em seguida, Henrique desperdiçou chance clara para ampliar o placar.

Nos minutos finais, o Flamengo pressionou em busca do empate que forçaria a disputa por pênaltis. Já nos acréscimos, Pará chutou na trave e desperdiçou a chance de evitar a derrota.

O Corinthians conseguiu segurar o ímpeto ofensivo do rival e mostrou que mesmo sendo limitado tecnicamente é forte candidato ao título da Copa do Brasil. Que venham as finais contra o Cruzeiro!

VEJA TAMBÉM:

Corinthians x Flamengo: assista aos gols da semifinal da Copa do Brasil 

Mateus Vital enaltece grande apoio da torcida do Corinthians: “Nunca vi isso na minha vida” 

As melhores notícias de esportes, direto para você