Destaque nacional de CS:GO é investigado e pode ser banido por dois anos

Marcelo “v$m” Moreira se tornou destaque da Detona nos campeonatos de CS:GO

Filipe Carbone
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: (Reprodução/Instagram)

Um dos maiores destaques do cenário brasileiro de CS:GO está na mira da Electronic Sports League (ESL). Vinicius “v$m” Moreira tem sido destaque da Detona neste ano e está sob investigação devido a um banimento VAC em um perfil da Steam que pertenceria ao jogador. A tag que o jogador faz parte confirmou a investigação e informou que irá responder oficialmente na próxima semana.

De acordo com o site responsável pela apuração da denúncia, o jogador está sendo investigado devido a um banimento VAC, sistema anti-cheat da Valve. O banimento aconteceu em uma antiga conta do player, quando ele ainda não havia estourado no cenário competitivo.

As regras da ESL apontam que jogadores banidos por VAC recebem punição de dois anos, ao contrário do sistema da Valve, que gera banimento definitivo. Se a denúncia for confirmado, v$m não poderia participar das selecivas internacionais da ESL e nem de ligas como Brasil Premier League e LA League até 2020.

Marcelo “v$m” Moreira recebeu grande destaque a partir de julho deste ano, quando assinou com a Detona e surpreendeu pelo bom desempenho. Nesta semana, a Detona disputou a primeira seletiva aberta do minor americano, uma das etapas iniciais para quem sonha com o IEM Katowice 2019, onde ocorrerá o próximo Major. A equipe foi derrotada pela W7M Gaming e não conseguiu vaga para o qualificatório fechado.