Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Um dos líderes de desarme na Série B, Judson projeta confronto do Avaí com o Boa: “Precisamos vencer de qualquer maneira”

Ocupando a quarta colocação na Série B, o Avaí encara o Boa Esporte nesta sexta-feira (05), às 20h30, na Ressacada. Para manter-se no G4 da competição, o treinador Geninho terá o retorno de Judson, uma das principais peças do meio-campo da equipe catarinense.

Bruno Romão
24 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Jorge Luiz/Paysandu

O volante cumpriu suspensão na última rodada, diante do Coritiba, mas já está disponível para o confronto diante do Boa. Os números mostram a importância de Judson para o Avaí, já que ele não atuou apenas em 11 partidas na temporadas, e em todos esses jogos o time não venceu. Foram cinco derrotas e seis empates.

O camisa 93 avaliou o próximo compromisso do Avaí, e apesar do adversário ser o último colocado da Série B, pregou respeito ao rival.

“Projetamos uma partida difícil e respeitamos muito o Boa. Porém, precisamos vencer de qualquer maneira o jogo para não sairmos do G-4 e, quem sabe, abrirmos uma vantagem dos nossos concorrentes diretos”, disse Judson, em declarações divulgadas pela sua assessoria.

O volante também avaliou seu desempenho na competição, sendo o jogador que mais roubou bolas na competição, 57 em 24 jogos. Ele fica atrás apenas de Yuri, do CSA, que fez 77 desarmes.

“Espero poder ajudar o máximo a minha equipe com esses desarmes. Os jogadores que estão disputando comigo neste quesito são ótimos atletas e com certeza será uma boa briga até o final para ver quem é o maior desarmador da Série B”.

LEIA MAIS

Brasileirão: Veja os times com mais vitórias entre as Séries A e B