3 lições que Flamengo precisa aprender para ainda ter chance no Brasileirão

O Flamengo bateu o Fluminense no clássico Fla x Flu por 3 a 0, com dois gols de Uribe e um de Léo Duarte, no último sábado (13), no Maracanã, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Vitor Cavalcanti
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Gilvan de Souza / Flamengo

Com a vitória, o Flamengo se manteve na terceira posição, com 55 pontos, quatro a menos do que o líder Palmeiras. O Rubro-Negro deu uma recuperada sob o comando de Dorival Jr. Foram duas vitórias por 3 a 0, em dois clássicos – Corinthians e Fluminense -, e um empate sem gols com o Bahia.

Lições que o Flamengo precisa aprender

Confiança para os jogadores

Os jogadores já não confiavam em Maurício Barbieri. E o ex-treinador também tinha aberto mão de alguns atletas. Uribe estava escanteado. Vitinho foi “humilhado” ao entrar e ser substituído menos de 40 minutos depois contra o Atlético-MG. Duas das principais contratações do Rubro-Negro no meio do ano. O elenco do Fla é privilegiado, o que falta é tranquilidade e confiança para os atletas desempenharem.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Cabeça de Paquetá

O que vai acontecer com Paquetá nos jogos que restam no Brasileiro é uma preocupação. O meia já está vendido e só fica até o fim do ano. A resposta no primeiro jogo após sua venda foi boa. O Flamengo precisa do garoto com a cabeça apenas em jogar bola se ainda quiser algo no Brasileirão. Dorival vai precisar estar muito presente.

Fim do “arame liso”

Uma das principais críticas contra o Fla de Barbieri era a incapacidade de marcar gols. Com Dorival, foram duas vitórias por 3 a 0 em dois clássicos – Corinthians e Fluminense. Encontrou presas fáceis, não teve dó, criou e marcou. É isso que se espera. E é assim que tem que ser nos jogos que faltam. Não há espaço para mais erros. Agora é correr atrás.

LEIA MAIS

Dorival credita bom momento do Flamengo ao tempo de trabalho: “Barbieri talvez não tenha tido”