Presença de Gallardo no vestiário de Grêmio x River Plate será investigada pela Conmebol

Nesta quarta-feira (31), o Grêmio oficializou que reivindicará os pontos da partida da semifinal da Libertadores contra o River Plate. O clube gaúcho irá até o Paraguai para entrar com recurso sobre a entrada de Marcelo Gallardo, suspenso da partida, no vestiário da sua equipe. Antes mesmo de quaisquer decisões, a Conmebol investigará o acontecido na Arena do Grêmio.

Rafael Brayan
Apaixonado pelo estudo do esporte mais praticado no mundo.

Crédito: Reprodução/SporTV

O Grêmio perdeu para o River Plate na última terça-feira (30), no Rio Grande do Sul, por 2 a 1. Após o final da partida, os gremistas confirmaram que irão reivindicar os pontos do confronto por conta das ações de Marcelo Gallardo, treinador do time argentino.

Suspenso desde o primeiro duelo, na Argentina, no qual o clube brasileiro venceu por 1 a 0, o treinador do River Plate não poderia entrar no vestiário da equipe durante o intervalo, segundo o regulamento. Além disso, ele utilizou um rádio para se comunicar com a sua equipe durante a partida, algo indevido para as leis da competição.

Por acreditarem que a presença de Gallardo no vestiário como um ato que influenciou diretamente o resultado da partida, o Grêmio quer a reversão dos pontos do jogo. Assim, seria um dos finalista desta edição de Libertadores. Os dirigentes do clube gaúcho ainda utiliza os casos dos outros brasileiros Santos e Chapecoense como exemplo. Ambas as equipes perderam pontos por irregularidades.

Em sua conta do Twitter, Alejandro Domínguez, atual presidente da Conmebol, afirmou que o tricolor gaúcho será bem recebido na instituição. Porém, ressaltou que os protestos devem sempre serem apresentados perante a Unidade Disciplinar.

Antes do final deste caso,um dos finalistas da decisão da Libertadores será decidido nesta quarta. Palmeiras e Boca Juniors se enfrentarão no Allianz Parque. O caminho do time paulista é difícil, segundo a imprensa. A Redação do Torcedores deu seus palpites sobre o resultado do jogo, além das expectativas de cada membro. Para ler, clique aqui.

Leia mais:

Com dois brasileiros na lista, Guardiola é o melhor treinador do mundo, segundo revista inglesa; veja

Boca Juniors pode se tornar o time com mais participações em finais de Libertadores na história; veja ranking

Antes do jogo contra o River Plate, Renato Gaúcho afirmou: “Libertadores é mamão com açúcar hoje”