Emprestado pelo Santos, Rafael Longuine pode quebrar recorde no Guarani; saiba qual

Rafael Longuine, meia do Guarani emprestado pelo Santos, está próximo de bater um recorde pessoal. Com oito gols na Série B desse ano, o atleta, caso marque mais uma vez, faz nove gols em uma competição pela primeira vez na sua carreira profissional – iniciada em 2009.

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Letícia Martins/Guarani FC

O grande ano de Rafael Longuine foi 2015. Das principais peças do Audax de 2015, ele marcou oito gols naquela campanha de Paulistão. A diferença: para alcançar esse número, ele participou de apenas quinze partidas. A Série B de 2018 terá trinta e oito rodadas – já está na trigésima rodada. Como o que está em questão não é a média, mas, sim, o número absoluto, a expressiva marca pode (e deve) ser atingida.

Para bateu seu recorde pessoal, porém, Rafael Longuine deve quebrar um tabu. O atleta, que tem contrato com o Peixe, não marca um gol desde o dia 11 de agosto – data em que o Bugre perdeu para o Fortaleza em casa.

A queda recente de Longuine lembra muito mais a fase do atleta pós-Audax do que a boa fase com a camisa bugrina. Em três anos diferentes com a camisa do Santos, Rafael marcou apenas três gols. Emprestado ao Coritiba em 2017, ele jogou sete vezes e não marcou atuando pelo Coxa. Ao todo, no clube campineiro, são vinte e seis jogos e oito tentos marcados.

Vice-artilheiro do Bugre em 2018, com oito gols (empatado com Bruno Nazário e atrás de Bruno Mendes, que tem quinze), Longuine tem a chance de quebrar seu recorde e seu tabu no próximo sábado (05), quando o time campineiro viaja até Sorocaba para enfrentar o São Bento.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

LEIA MAIS
Criciúma x Oeste: Tigre Carvoeiro tem grande retrospecto recente em casa contra paulistas
Santos sem meia? Rafael Longuine supera 2017 e vive grande fase no Guarani
Guarani definirá parceria no futebol dia 26 de novembro; saiba mais