Alexander Zverev é o campeão do ATP Finals de 2018

Alexander Zverev fez uma partida praticamente perfeita neste domingo em Londres. O alemão foi superior a Novak Djokovic em todos os fundamentos durante a final do ATP Finals de 2018, e ergueu o principal troféu de sua carreira.

Paula Rühling
Jornalista formada pela Universidade Federal de Mato Grosso, apaixonada por esportes. Ex atleta de natação e típica jogadora de tênis de final de semana. Objetivo de vida: nunca deixar de contar boas histórias.

Crédito: Divulgação / ATP World Tour

Alexander Zverev não podia esperar um resultado melhor. Com 6-4 e 6-3, o número três do mundo venceu o número um. Aos 21 anos, ele também se tornou o tenista mais novo a ser campeão de simples do ATP Finals em uma década. Além disso, é o primeiro alemão a vencer o torneio desde 1995, quando Boris Becker assim fez.

Antes da partida, o favoritismo estava todo do lado de Novak Djokovic. O sérvio já havia vencido Zverev na fase de grupos deste torneio. Se vencesse, Djokovic iria empatar com Roger Federer em número de triunfos de ATP Finals, seis ao todo. Conforme vinha jogando durante o segundo semestre da temporada, tudo apontava para que isso realmente acontecesse. Nole havia vencido 35 dos seus últimos 37 jogos. Além disso, em Londres, ele ainda não tinha perdido nenhum game de saque.

Mas desde o primeiro ponto do jogo, Sascha não mostrou medo. Segurou a troca longa de bolas no fundo da quadra, e atacou com segurança. Encontrou um jeito de quebrar o último serviço do sérvio para fechar o primeiro set sem grandes dificuldades. No segundo, mesmo quando foi quebrado, conseguiu segurar o lado emocional. Algo raro de se ver. Com mais duas quebras sobre o adversário, fechou o jogo em 6-4 e 6-3, e foi ao chão durante a comemoração.

Agradecimentos

Apesar de estar entre os cinco melhores tenistas do mundo, Zverev nunca chegou a uma semifinal de Grand Slam. No entanto, venceu Federer e Djokovic em dois dias seguidos. Seria o suficiente para se emocionar. Mas a melhor parte foi ter se consagrado campeão. Na entrevista final, começou dizendo que não sabia como descrever este momento, e elogiou o adversário por um longo tempo.

“Eu nunca tinha visto isso antes, você quase não perdeu nenhuma partida esse semestre, mas hoje você perdeu pra mim. Então, estou muito feliz”, declarou o campeão para Nole. Aparentemente os dois conversaram em vários momentos durante a semana, e o tenista mais experiente passou conselhos ao mais novo, que os agradeceu ao vivo também.

Com o microfone na mão, Sascha poderia falar por horas seguidas. Tanto que teve seu áudio cortado. Foi ai que Gustavo Kuerten aproximou dele para entregar-lhe a champanhe. “Eu não queria ficar bêbado agora, mas tudo bem”, falou, assim que o microfone voltou a funcionar.

Alexander agradeceu toda a sua equipe, e declarou que o pai é o melhor treinador do mundo. Alexander Zverev Senior estava chorando como uma criança na área reservada aos familiares e amigos do jogador. Perto dele estava o brasileiro Marcelo Melo, que também foi mencionado durante as declarações, como melhor amigo.

Premiação e Ranking

Zverev, que ganhou 2.509.000 dólares e 1.300 pontos no Ranking ATP por seus esforços neste campeonato, terminará o ano como número quatro pela segunda temporada consecutiva.

Nas duplas

Após vencer os franceses Hbert e Mahut, Bryan e Sock conquistaram o título de duplas do ATP Finals. Os americanos haviam eliminados o brasileiro Bruno Soares e o britânico Jamie Murray nas semifinais da competição. Como não venceram de forma invicta, Bryan e Sock receberam apenas 1.300 pontos (de 1500) e irão partilhar 479.000 dólares. Herbert e Mahut ganharam 800 pontos e dividem 279.000 dólares.

Leia Mais

Cheio de estilo, Djokovic recebe o troféu de melhor tenista da temporada 2018

Relembre participações históricas de brasileiros no ATP Finals