Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

All Blacks Maori vence Brasil em amistoso agitado no rugby

Em amistoso com grande presença de público, o time neo-zelandês All Blacks Maori venceram a seleção brasileira de Rugby. O placar de 35 a 3 foi o que menos importou na festa realizada no Morumbi, mesmo com muita chuva.

Juvenal Dias
Jornalista formado pela Universidade P. Mackenzie/SP desde 2013. Atuo na área esportiva desde 2010, quando ingressei no Diário Lance! Lá permaneci por seis anos e tive oportunidade de fazer parte da cobertura dos Jogos Olímpicos Rio-2016. Desde 2017 sou colaborador do Surto Olímpico. Já fui também do Bola Parada. Estou no Torcedores desde meio de 2018.

Crédito: Twitter/ All Blacks. Momento da Haka no Morumbi foi de arrepiar

A diferença técnica do Brasil Rugby, que começa a ganhar mais corpo internacional, para o All Blacks Maori, uma das melhores seleções do mundo de todos os tempos, original do país tricampeão mundial da modalidade, era sabidamente gigantesca. Mesmo assim, o time da Nova Zelândia precisou lutar bastante para vencer os Tupis brasileiros. Foi uma partida bem animada, principalmente até o momento da conversão do penal brasileiro. Depois disso, o time da Oceania mostrou que não dá para vacilar se não eles atropelam.

Apesar disso, foi uma grande festa, prestigiada por um ótimo público. O fato de ter quase 35 mil pessoas e a dura batalha que o Brasil propiciou foi algo de grande reconhecimento no Twitter do All Blacks. Dedicaram um bom espaço em suas mídias e no site para relatar o quão difícil foi bater o time brasileiro. E de fato foi o que aconteceu. Quem pensava que seria um massacre desde o começo viu um Brasil muito bem preparado fisicamente para aguentar os gigantes na Nova Zelândia. Somente perto dos dez minutos que o All Blacks conseguiu o primeiro try, na base da insistência. Antes do fim do primeiro tempo conseguiram o segundo, mas foi o que deu para fazer. A defesa brasileira esteve muito sólida e não cometeu erros na primeira etapa, que acabou 14 a 0.

Demorou bastante para que o físico maori prevalecesse sob o brasileiro. Inclusive, o maior momento do jogo para o time e a torcida foi uma imposição física do Brasil sob o adversário em um scrum. Naquela jogada que quase todos os jogadores ficam abaixados e se empurram pela posse de bola. O time brasileiro levou o neo-zelandês para trás e gerou um penal.

Brasil faz a festa com gol

Joshua Reeves, neo-zelandês, que joga com a 10 do Brasil chutou o penal e converteu os únicos pontos do time brasileiro na partida. Não sem um friozinho na barriga. Seu chute com a perna esquerda viajou e bateu na trave antes de entrar. A torcida foi à loucura com o lance. Nem importava mais a chuva ou o placar restante.

O time continuou bem, mas o All Blacks mostrou porque estão entre os melhores. Se impôs e converteu mais três trys antes de fechar a partida. No entanto, apenas o último foi na técnica correndo em velocidade. De qualquer forma, foi uma ótima celebração do esporte. Já teria valido o ingresso apenas pela tradicional Haka que o time maori executou. Veja aqui o momento do grito conhecido mundialmente que é de arrepiar.

O time da Nova Zelândia continua sua excursão pela América do Sul, enfrentarão o Chile no próximo sábado.

Descubra como todos os esportistas devem se proteger. Clique aqui e saiba mais.

LEIA MAIS

All Blacks Maori no Brasil: Você sabe tudo sobre rugby? Faça o teste!