Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Emily Lima analisa rivais do Santos na Libertadores Feminina 2018

O Santos está próximo de estrear na Copa Libertadores Feminina de 2018. Na terça-feira, 20, as Sereias da Vila iniciam sua campanha na competição encarando o Colo Colo, na Arena da Amazônia, em Manaus.

Bruno Nunes Loreto
Formado em Jornalismo na Universidade de Santa Cruz do Sul, UNISC. Amante dos esportes, principalmente o bom e velho futebol. Setorista de Grêmio e Fluminense.

Crédito: Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC

No Grupo 3, além da equipe chilena, o Santos terá pela frente o Sport Girls, do Peru, e o Deportivo Ita, da Bolívia. Em entrevista ao site oficial do clube, a técnica Emily Lima analisou os rivais da fase inicial.

Para a comandante, o Colo Colo será o grande adversário das Sereias da Vila no grupo. Desta forma, a partida de terça, às 20h (horário de Brasília), é de suma importância para as pretensões da equipe.

“O Colo-Colo tem uma proposta muito bem definida, que é de fazer jogo apoiado desde a goleira. Elas dificilmente dão chutões. É um estilo que se assemelha ao nosso. O Sport Girls e o Deportivo Ita são equipes mais frágeis, então temos que fazer a nossa parte contra elas. E por isso a primeira partida será fundamental, tanto para nós como para o Colo-Colo. Provavelmente o segundo colocado no geral também sairá da nossa chave, então essa estreia é importantíssima para que a gente passe de fase com o primeiro lugar”, avaliou Emily Lima.

O Santos teve um mês de preparação para a disputa da Libertadores. Os treinamentos iniciaram no dia 17 de outubro. A equipe quer terminar o ano em alta após a conquista do Campeonato Paulista sobre o rival Corinthians.

“Os nossos treinamentos, principalmente os da última semana no 3B (time amazonense), foram de grande importância para chegarmos bem na competição. As equipes sul-americanas não têm uma temporada tão forte como nós tivemos neste ano, disputando Paulista e Brasileiro, que possuem diversos times competitivos. Precisamos potencializar o que fizemos durante o ano inteiro para alcançarmos nosso objetivo”, completou a técnica.

LEIA MAIS:

ARENA DA AMAZÔNIA SERÁ A ÚNICA SEDE DA LIBERTADORES FEMININA; ENTENDA