Felipão reconhece mau desempenho do Palmeiras e afirma: “Clima de festa é para quem faz festa, não para os jogadores”

Neste domingo (18), o Palmeiras empatou com o Paraná no Estádio do Café. A partida válida pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro foi marcado pelas péssimas condições de jogo.

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.Twitter: @rafaelbrayan_

Crédito: Reprodução/Palmeiras

O empate do Palmeiras contra o Paraná não agradou Felipão, treinador da equipe paulista. Uma vitória poderia deixar a situação do clube muito mais tranquila no campeonato, devido ao desempenho ruim do Internacional contra o Botafogo, no Rio de Janeiro.

“Clima de festa é para quem faz festa, não para os jogadores. Tivemos dificuldades e vamos corrigir uma série de coisas para o jogo de quarta. (Ansiedade pelo título) atrapalhou hoje no segundo tempo, quando empatamos o jogo, ansiosamente passamos a não jogar futebol. Tudo apressadinho, não é assim que estamos jogando, mantendo a liderança. Vai ter que trabalhar agora durante a semana”, afirmou o treinador do Palmeiras.

Felipão ainda comentou sobre a marca de ser o time com a maior invencibilidade na história dos pontos corridos do Brasileirão. “Só coroa o trabalho se formos campeões. Se não, não coroa nada. Tem que ganhar e ser campeão. Isso que as pessoas precisam entender. Jogar é bom, mas se não vencer não adianta ter marca. Temos que fazer análise detalhada para os próximos três jogos. Mantivemos os cinco pontos para o segundo, três para o terceiro, mas não fizemos bom jogo”, afirmou.

Com o empate, a equipe do Palmeiras está quatro pontos na frente do Flamengo. A equipe carioca venceu o Sport e se aproximou dos Alviverdes Paulistas, que já podem se tornar campeões desta edição do Brasileirão já nesta quarta-feira (21), contra o América Mineiro.

Leia mais: 

Proteção: Confira quais times se protegem melhor no Brasileirão e sofrem menos faltas

Andrei Girotto, ex-Palmeiras, marca na goleada na França e afirma estar “feliz com o momento da equipe”