Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Guilherme Parede lamenta temporada do Coritiba, mas comemora atuações individuais: “mostrei meu futebol”

O Coritiba vem tendo uma das temporadas mais decepcionantes dos últimos anos. Está fora da briga pelo acesso à Série A, perdeu o título estadual para o rival Atlético-PR e tem poucas aspirações daqui até o final do ano. Mesmo com o ano ruim para o clube e para a torcida, um jogador sai com moral de 2018.

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016, radialista na Paiquerê 91,7.

Crédito: Reprodução/ Coritiba

Guilherme Parede prometeu gols e cumpriu com o que pôde durante o ano. São 9 gols na Série B até o momento e a artilharia da equipe na competição, mas o acesso não virá. As chances praticamente acabaram na última rodada, com a derrota por 2 a 0 para o Guarani, em pleno Couto Pereira.

“Tive uma sequência de jogos boa para mim, onde pude mostrar meu futebol. No começo da pré-temporada, falei que o torcedor e a diretoria podiam esperar de mim. Hoje, saio na rua com a cabeça erguida, sabendo que os torcedores gostam de mim e que a diretoria tem todo o respeito por mim. Fico feliz pelo ano que fiz e estou fazendo”, disse o atleta em entrevista coletiva concedida nesta segunda-feira (5).

 

Promoção Torcedores: Clique aqui do seu celular ou ligue 04949984011250 para concorrer a R$ 2000 e a um encontro com um ídolo do esporte. Sorteio pela Loteria Federal
Valor da ligação: R$ 3,99 + impostos. Saiba mais www.promotorcedores.com.br

 

Parede compartilha a culpa da temporada ruim entre todo o elenco, diretoria e treinadores que passaram pelo clube em 2018. De contrato renovado, a tendencia é que faça parte do time que buscará o acesso à Série A em 2019, além do título estadual.

“Eu renovei meu contrato agora, estou feliz aqui, sou grato ao Coritiba por ter aberto as portas para mim. Caso surja alguma coisa, o clube que vai resolver, meus empresários que vão resolver. O futuro, o Coritiba e meus empresários vão resolver caso aconteça alguma proposta. Temos mais quatro jogos para tentar somar o maior número de pontos possível”, completou.

Leia mais:
Técnico do Paraná desiste da Série A: “está rebaixado”