Iranduba estreia com o pé direito na Libertadores Feminina de 2018

O Iranduba estreou com vitória na Libertadores Feminina de 2018. Na noite de ontem, o Hulk bateu o Flor de Pátria, da Venezuela, na Arena da Amazônia, pelo placar de 2×1 e largou na liderança do Grupo C.

Bruno Nunes Loreto
Formado em Jornalismo na Universidade de Santa Cruz do Sul, UNISC. Amante dos esportes, principalmente o bom e velho futebol. Setorista de Grêmio e Fluminense.

Crédito: Foto: Rui Costa/Facebook Oficial do Esporte Clube Iranduba da Amazônia

Jogando diante de seu torcedor, o Iranduba iniciou melhor e colocou a bola nas redes logo aos três minutos. No entanto, o tento de Ludmila acabou anulado pela arbitragem, que apontou impedimento no lance.

As venezuelanas passaram a sair para o jogo na reta final do primeiro tempo, mas foi o Iranduba quem abriu o placar. Aos 41 minutos, Andressinha cobrou falta com muita categoria e inaugurou o marcador.

Logo na volta do intervalo, a equipe amazonense aumentou a vantagem. Com seis minutos, Ludmila avançou pela direita e chutou forte para marcar o segundo.

O Flor de Patria seguiu tentando atacar e foi “premiado” na reta final. Aos 30’, Joemar Guarecuco descontou o placar, mas não dava mais tempo. No final, vitória do Hulk por 2×1.

“Eu fui muito feliz por ter feito esse primeiro gol e ter ajudado o Iranduba, mas penso que temos que melhorar um pouco mais, pois perdemos gols, passamos um sufoco no final do jogo, mas vamos melhorar sim no decorrer da semana”, analisou a meio-campista Andressinha.

Já Ludmila, autora do segundo gol, destacou a torcida do Hulk. A atacante também prometeu mais bolas na rede ao decorrer da competição.

“Achei a torcida fantástica, não é sempre que encontramos uma torcida como essa, na hora de entrar deu até um arrepio e eu quero agradecer muito por toda essa torcida e dizer que vem mais gols por aí”, comentou.

Com o resultado sobre o Flor de Patria, o Iranduba largou na liderança do Grupo C. Na outra partida, Cerro Porteño, do Paraguai, e Uai Urquiza, da Argentina, ficaram no 1×1 e dividem a vice-liderança.

Na próxima quarta-feira, 21, o Iranduba volta a campo, às 20h30min (de Manaus, 22h30min de Brasília), para encarar o Cerro Porteño. No mesmo dia, argentinas e venezuelanas se enfrentam.

LEIA MAIS:

ARENA DA AMAZÔNIA SERÁ A ÚNICA SEDE DA LIBERTADORES FEMININA; ENTENDA

EMILY LIMA ANALISA RIVAIS DO SANTOS NA LIBERTADORES FEMININA 2018