Futebol Feminino

Libertadores feminina: Confira a tabela detalhada

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Sorteio Libertadores Feminina

Crédito: CONMEBOL/Twitter Oficial

Nesta quinta (08), a Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL) divulgou a tabela detalhada da Copa Libertadores da modalidade feminina. O torneio inteiro será realizado em rodadas duplas.

 A Libertadores feminina será disputada entre os dias 18 de novembro e 2 de dezembro, nos Estádio da Colina e na Arena da Amazônia, em Manaus. Os jogos iniciarão sempre às 20:30 e 22:30 (de Brasília), lembrando que na capital amazonense, o fuso horário encontra-se atrasado em duas horas em relação ao de Brasília, por conta do horário de verão.

 Três equipes representarão o Brasil na Competição: O Iranduba da Amazônia, anfitrião, o Santos, campeão brasileiro de 2017 e o Audax, de Osasco, atual campeão da Libertadores.

A fase inicial vai do dia 18 ao 26 deste mês, com o Iranduba fazendo o jogo de fundo no dia 18, domingo, na Arena da Amazônia contra o Flor de Patria, às 22:30 (de Brasília). Na preliminar, Urquiza e Cerro Porteño abrem a competição.

Detentor do título, o Audax estreia no dia 19, às 20h(de Brasília) contra O Union Española.

As Sereias da Vila só estreiam no dia 20, contra o Colo Colo, no Estádio da Colina, às 20h (de Brasília)..

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

 

Confira a tabela da Libertadores Feminina:

Todos os jogos estão no horário de Manaus (duas horas a menos que o de Brasília) — Foto: Divulgação
Divulgação CONMEBOL

 

Todos os jogos estão no horário de Manaus (duas horas a menos que o de Brasília) — Foto: Divulgação

Grupos da Libertadores feminina

 

Grupos da Libertadores feminina 2018 — Foto: Divulgação
Divulgação CONMEBOL

Décima edição

Principal competição de clubes do continente sul-americano, a Copa Libertadores na modalidade feminina está ainda em sua décima edição. O maior vencedor do torneio é o São José-SP, com três títulos, seguido de Santos, com dois. Colo Colo, Sportivo Limpeño, Ferroviária-SP e Audax-SP completam a elite dos vencedores.

 

Será a sétima vez em que o Brasil sedia o torneio, sendo que o estado de São Paulo já foi anfitrião por quatro vezes, com Paraná e Pernambuco recebendo a competição uma vez cada. Apenas nos anos de 2015 (Colômbia) e 2017 (Paraguai), o evento não foi em solo canarinho.

 

A cidade de Manaus, no caso representado pelo Iranduba, foi escolhida como sede da competição no dia 11 de junho deste ano, após disputar com o Corinthians e o Deportivo Ita, da Bolívia.

Atual campeão, o Audax  busca o bicampeonato. Em 2017, a equipe tinha uma parceria com o  Corinthians, contudo, com o fim da mesma, ambas agremiações voltaram a atuar separadas, e como a ‘Garota audaciosa’ era a parte administrativa do contrato, a taça ficou em Osasco.