Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Marin Cilic consagra a Croácia como campeã da Copa Davis

A Croácia precisou apenas de quatro partidas contra a França para se consagrar campeã da Copa Davis em Lille. O último jogo foi neste domingo (25), quando Marin Cilic venceu Lucas Pouille por 3-0. A presidente croata Kolinda Grabar-Kitarovic marcou presença no evento.

Paula Rühling
Jornalista formada pela Universidade Federal de Mato Grosso, apaixonada por esportes. Ex atleta de natação e típica jogadora de tênis de final de semana. Objetivo de vida: nunca deixar de contar boas histórias.

Crédito: Divulgação / Copa Davis

Ao amanhecer domingo, o placar apontava 2-1 para os croatas na final da Copa Davis.A arquibancada, em sua maioria francesa já que a competição era sediada em Lille, tinha esperanças de empatar a disputa, uma vez que entrava em quadra o melhor tenista francês convocado, Lucas Pouille. Mas do outro lado estava Marin Cilic, o número sete do ranking da ATP.

Cilic não deu chance nenhuma a Pouille. Pressionou no primeiro set, mas perdeu no tie-break. O croata teve a chance de fechar o segundo set em 6-2, porém desperdiçou os break-points a seu favor. Ainda assim, estava muito sólido em seu serviço e garantiu a vitória parcial. O terceiro set serviu apenas para que ele confirmasse sua superioridade. Cilic fechou o jogo em 7-6, 6-3 e 6-3.

“Não é todo dia que você se torna campeão mundial”, declarou Cilic. Já o técnico croata, Krajan, exaltou o desempenho de todos os jogadores.”Esta é uma das melhores equipes que já tivemos – é como um time dos sonhos. Meus jogadores de singles não só não perderam um set, como também não perderam o saque em três partidas, o que é uma conquista inacreditável e mostra a qualidade que produzimos”, afirmou.

Cilic e Pouille realizaram a quarta partida desta final. Na sexta-feira, a Croácia havia aberto dois pontos de vantagem. Borna Coric abriu a final vencendo o francês Jeremy Chardy. Em seguida, Cilic ganhou de Tsonga, tenista que voltava de lesão. No sábado, porém, a dupla francesa Hebert e Mahut conseguiram um ponto, ao derrotarem Dodig e Pavic.

A redenção do croata

Em 2016 Marin Cilic viveu um derradeiro dia negro ao desperdiçar uma vantagem de dois sets a zero frente a Juan Martin del Potro na final da Davis. Mas em 2018, ao vencer duas partidas com superioridade inquestionável, Cilic deu ao tênis croata um dos momentos mais dourados de toda a sua história.

Presença ilustre

Que a presidente croata Kolinda Grabar-Kitarović é fã de futebol, todo mundo já sabe. Ela esteve presente na Rússia durante a Copa do Mundo para apoiar a equipe, que ficou com o vice campeonato. Mas Kolinda se mostrou uma fã de esportes em geral. E pode enfim ver seu país ser campeão mundial. Ela esteve na França durante o final de semana acompanhando as partidas, e foi comemorar junto com os tenistas dentro do vestiário.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Bravo Marine!!! Čestitke ???????????????? Hrvatska je osvojila Davis Cup!! #DavisCupFinal ????????1️⃣????3️⃣????????

Uma publicação compartilhada por Kolinda Grabar-Kitarović (@predsjednicarh) em

Fecha-se um ciclo

Em 118 anos de competição, o time croata conseguiu duas vezes este título. A primeira vez foi em 2005, sob o comando de Nikki Pilic. A vitória da Croácia encerra também um grande ciclo no mundo do tênis. A partir do ano que vem, a Copa Davis ganha um novo formato, Mas muitos jogadores se posicionaram contra a novidade, e o futuro da disputa é ainda incerto.

Leia mais

Marcelo Melo sobre parceria com Kubot: “Corro risco de tomar muitas boladas”

Roger Federer: para a multidão, ver um jogo do maestro não tem preço