Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Fã de Guardiola, Matías Biscay comandará o River Plate na final da Libertadores; conheça

River Plate x Boca Juniors será o segundo jogo da final da Copa Libertadores da América. A partida acontecerá no próximo sábado (24), no estádio Antonio Vespuci Liberti, popularmente conhecido como Monumental de Nuñez. Técnico Millonario, Marcelo Gallardo está suspenso e não poderá estar na casamata do clube. Em seu lugar, entre Matias Biscay, auxiliar técnico de Muñeco. Apesar de ser subordinado de Gallardo, Biscay vem chamando atenção da imprensa argentina.

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Twitter/Reprodução

O Olé, principal diário esportivo argentino, em seu site, traz um pequeno perfil de Matias Biscay. Na reportagem, traços da personalidade do auxiliar e suas inspirações são reveladas. Uma dessas inspirações é o próprio “chefe”, que também é companheiro de trabalho de longa data e amigo pessoal.

Sobre Marcelo Gallardo, Matias já disse, certa vez: “Por uma vez escutei Lorenzo Boaventura, mentor de Pep Guardiola, falar que o espanhol pensa tão rápido que é necessário acelerar suas explicações para não ficar para trás. Com Muñeco é a mesma coisa. Ele tem muito tato de qualquer situação e pensa sempre à frente”, afirmou. Ainda elogiando o treinador do River Plate, não deixou de fazer uma autopromoção. “Se você não está capacitado, não vai trabalhar com Gallardo. Ele quer sempre a excelência”.

Quer ver Palmeiras x Vitória no dia 2/dez direto do estádio? Você pode levar um acompanhante. Só há uma maneira: clicando aqui para ligar ou acessando o site www.promotorcedores.com.br
E você ainda está concorrendo aos R$ 2000 e um papo com um ídolo do esporte.

Sorteio pela Loteria Federal. Valor da ligação: R$ 3,99 + impostos.

Filho do ex-árbitro Juan Carlos Biscay (que também se tornou técnico depois), Matias está desde sempre inserido no meio do futebol. Ele, também, é estudioso. Analisa vídeos de treinamentos de dois outros nomes que gosta muito no esporte: César Luis Menotti e Guardiola. Até por isso, é parte fundamental da vida de treinamentos do Millonario. “Sempre vejo os treinamentos da seleção argentina de 1978 e procuro sempre ver o que Pep está fazendo. Dedico todo o meu tempo para ver coisas para o River. Vejo detalhes dos rivais, encontrar pontos fracos de nossa equipe e tentar melhorá-los”, conclui.

LEIA MAIS
Relembre 6 grandes defesas de goleiros da história do futebol
No Football Manager, Boca Juniors é campeão da Libertadores e Benedetto é destaque da final
Mercado da Bola: Exequiel Palacios, do River Plate, cada vez mais próximo do Real Madrid