Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Neymar justifica desentendimento com árbitro de Napoli x PSG: “Uma falta de respeito o que ele falou para mim”

Mesmo com Neymar, Mbappé e Di María em campo, o PSG não passou de mais um empate diante do Napoli, algo não estava nos planos do clube nesta fase de grupos da Liga dos Campeões. Sem conquistar os três pontos, a equipe francesa agora precisa desesperadamente vencer os dois jogos restantes se quiser avançar de fase.

Bruno Romão
24 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Reprodução/Twitter

Apesar de ter saído na frente com o lateral-esquerdo Juan Bernat, o PSG não conseguiu suportar o ímpeto ofensivo do Napoli, que chegou ao empate com Insigne, em cobrança de pênalti. Outra penalidade, desta vez para a equipe parisiense, não marcada pelo árbitro, enfureceu os jogadores do time visitante. Neymar, mesmo que não tenha protestado veementemente no lance, acabou sendo advertido no final do jogo. O camisa 10, em entrevista ao canal “Esporte Interativo” falou sobre a arbitragem da partida.

“Uma coisa que me irritou muito dentro de campo foi a forma como o juiz me tratou. Acho que foi uma falta de respeito o que ele falou pra mim, por isso que eu acabei perdendo um pouco do controle. Eu não ligo para os erros que podem acontecer. O árbitro é um ser humano, eu não ligo para os erros, mesmo que tenha sido claro o pênalti”

Promoção Torcedores: Clique aqui do seu celular ou ligue 04949984011250 para concorrer a R$ 2000 e a um encontro com um ídolo do esporte. Sorteio pela Loteria Federal
Valor da ligação: R$ 3,99 + impostos. Saiba mais www.promotorcedores.com.br

“A forma como ele trata o jogador, eu acho que foi uma puta falta de respeito. Por isso que eu acabei perdendo o controle, falei alguns palavrões pra ele sim, porque ele não pode falar o que falou pra mim. Da mesma forma que eu entro em campo para respeitá-lo ele tem que respeitar não só eu, mas todos os jogadores que estão ali dentro. Não é porque ele tem um apito, porque ele tem um cartão amarelo, um vermelho, que ele acha que tá acima de todo mundo”.

LEIA MAIS

Buffon reclama de pênalti não marcado a favor do PSG: “Estamos esperando pelo VAR na Champions League”

Solari elogia desempenho de Vinícius Jr dentro de campo: “Seu futebol transmite alegria”