NFL 2018-2019 Prévia: Carolina Panthers x Seattle Seahawks

Em duelo válido pela NFC, Panthers e Seahawks buscam neste domingo (25) uma vitória para seguirem em busca de uma vaga no Wildcard da NFL 2018-2019.

Fabrício Carvalho
Jornalista formado / Rio de Janeiro. Redator de notícias, artigos e relatos sobre futebol nacional e internacional, basquete e esportes americanos.

 

A temporada regular 2018-2019 da NFL entrou definitivamente em sua reta final. Com a aproximação do mês de dezembro, os jogos restantes estão próximos do fim, e as equipes começaram a fazer contas para chegar à pós-temporada, a qual ocorrerá no mês de janeiro. Por este motivo, os jogos estarão ainda mais tensos e disputados pelas equipes.

Na tarde deste domingo (24), um dos confrontos mais importantes será entre Carolina Panthers (6-4) e Seattle Seahawks (5-5), a ser disputado no Bank of America Stadium, a partir das 16h, pelo horário de Brasília.

 

Seattle Seahawks (5-5): Com o mando de campo e ligeiro favoritismo, os Seahawks necessitam da vitória para seguirem sonhando com vaga na NFC, a qual poderá ser alcançada apenas com o Wildcard. A afirmação anterior ainda não é matemática, mas em sua divisão (NFC West), o Los Angeles Rams detém grande vantagem, com 10-1 na tabela, mais de cinco vitórias de diferença. Packers (4-5), Vikings (5-4), Panthers (6-4), Redskins (6-5) e Cowboys (6-5) surgem como adversários diretos pelas duas vagas no Wildcard.

A equipe de Pete Carroll detém uma das melhores defesas da liga (8ª), com 216 pontos cedidos até aqui, mas a linha ofensiva é irregular e alterna-se entre jogos bons e ruins. O maior ponto positivo do ataque está nos aproveitamentos de 4ª descida (7/10, 70%) e da Red Zone (22/31, 71%). No comando ofensivo, Russell Wilson está com 66,2% de passes completos, com 23 TDs e 5 interceptações, com uma boa média de 7.9 jardas/tentativa e 11.9 jardas/passe completo.

Chris Carson poderá ser um dos destaques da partida. O running-back titular detém 72,5 jardas ganhas por jogo em linhas terrestres, tendo correspondido também com 8 recepções nas 11 oportunidades na qual foi acionado no jogo aéreo. O reserva Mike Davis também corresponde às expectativas, com 23 recepções nas 28 oportunidades acionadas, aproveitamento de 82,1%.

Na defesa, Bobby Wagner surge como destaque. Em nove jogos como titular, Wagner combinou para 46 tackles solo e 27 assistências, atingindo o quaterback por três oportunidades. McDougald, Tre Flowers, Jarran Reed e Shaquill Griffin também surgem como potenciais destaques.

 

Carolina Panthers (6-4): Os Panthers estão na mesma divisão do New Orleans Saints, com quatro vitórias a menos do que um dos principais times da liga nesta temporada. Ou seja, a equipe da Carolina do Norte também conta com as vagas no Wildcard para conseguirem avançar aos playoffs.

A equipe comandada por Ron Rivera possui um dos melhores staques da liga, com 26 pontos sendo marcados por jogo. Porém, a defesa acaba sendo mais frágil que a dos Seahawks, com 25,2 pontos cedidos por jogo, levando à marca de 12ª pior defesa da temporada atual, algo que pode custar “caro” durante a pós-temporada.

Os Panthers “precisam” da vitória neste domingo (25) para seguir na perseguição aos líderes do Wildcard, pois terá a vantagem de enfrentar duas equipes mais frágeis nas próximas duas semanas (Buccaneers, Beowns) antes que receber o New Orleans Sains em casa, equipe a qual voltará a enfrentar na rodada final da temporada regular, no dia 30 de dezembro.

O quarterback Cam Newton está com 68.4% de aproveitamento nos passes neta temporada, com 20 TDs e 6 Interceptações, além de possuir 7,4yds/tentativa, mostrando desempenho similar ao de seu concorrente neste final de semana. Porém, como citado anteriormente, os problemas na secundária dos Panthers são preocupantes. A defesa sofreu 22 vezes em 27 oportunidades dos adversários na Red Zone, em aproveitamento de apenas 19.5%. Nas conversões de quarta descida, o aproveitamento da defesa aparece abaixou dos 50% (46.2%).

O principal destaque ofensivo é o running-back Christian McCaffey, com 63.2 jardas corridas/jogo em média, 4 touchdowns terrestres e 4 TDs aéreos, com 60 recepções na 71 vezes nas quais foi acionado. O wide-receiver reserva de 21 anos, D.J. Moore, entrou em quatro jogos durante a temporada e acumula 122yds terrestres, com média de 15.3yds/tentativa.

 

O jogo entre Seattle Seahawks e Carolina Panthers terá transmissão da ESPN neste domingo (25), a partir das 15h15, horário de Brasília. O jogo está marcado para começar às 16h.